segunda-feira, 30 de abril de 2012

Sofia Loren - Americanos



domingo, 29 de abril de 2012

Homens africanos. Estereótipos hollywoodianos.




Eu : A organização Mamahope.org fez este divertido vídeo para mostrar o enorme abismo de como os filmes de Hollywood vêem a África e os africanos, e a realidade.

Deu preguiça de traduzir para os leitores !!!

Uma vez perguntaram a Jung se ele não se preocupava com a erudição que tinha em alguns livros escritos por ele e como os leitores iriam compreender.
Ele disse que tinha passado anos estudando para escrever o livro. Que os leitores gastassem o mesmo tempo para lê-lo.

Eu: foi só uma história para justificar minha preguiça de fazer a tradução das legendas.
Mas, com um pouco de esforço, dá prá compreender.

sábado, 28 de abril de 2012

Lápides tumulares: escolha a sua.






ESPÍRITA
Volto já!

ARQUEÓLOGO
Enfim fóssil!

ALCOÓLICO
Enfim sóbrio!

GARANHÃO
Rígido, como sempre!

FUNCIONÁRIO PÚBLICO
É no túmulo ao lado!

DROGADO
Enfim pó!

HUMORISTA
Isto não tem graça nenhuma!

HIPOCONDRÍACO
Eu não disse que estava doente!

NINFOMANÍACA
Os vermes não comer-me todinha! Hummm!

PSICANALISTA
A eternidade não passa de um
complexo de superioridade mal resolvido.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Rita Hayworth in Staying Alive (colagem, evidentemente)




EU: Infelizmente algumas pessoas, por variadas razões, não querem partilhar o que colocam na internet. Não consegui colar aqui as outras versões que achei no YouTube e esta é a melhor delas. Então, quem estiver interessado, e clique e veja diretamente lá no Youtube.

Outro link abaixo :



quinta-feira, 26 de abril de 2012

Enquanto isso no SUS





quarta-feira, 25 de abril de 2012

Padre José Maria da Silva, 77 : a semente… e o Espírito Santo.




Foi sepultado na manhã desta quarta-feira no pequeno espaço aberto, entre o ex-Palácio do Bispo e a Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens, o Pe. José Maria (PJM).
Antes todo o Clero realizou uma Missa Sollemnis, de corpo presente, cheia de entusiasmo.
(Entusiasmo na mais justa raiz grega: en + theos = encher-se de Deus ).

Nas homenagens que recebeu desde ontem de manhã, quando faleceu de forma súbita, 6 meses depois de ter um desmaio durante uma missa na Catedral e ter um AVC, muitos se pronunciaram.
Antes de cada um que o fazia, eu me perguntava:
De qual PJM ele vai falar ?

Só conheci 5 pessoas na vida que eu sabia não haveria elogios ou elegias suficientes para um obituário. Pois as palavras eram pequenas demais para a sua estatura.
PJM é uma destas 5 pessoas.

Algumas das inúmeras facetas do PJM :

1. O intelectual de sólida e erudita formação que preferia usar seu tempo para animação do meio rural, um lugar onde, na década de 60, o desespero mudo era o mais próximo possível de uma postura revolucionária.

2. O jornalista que se negava a reconhecer que a crise chegara à Diocese e ao jornal NOVA ERA-Era Nova, e que, durante muitos meses, escreveu quase todas as matérias, sobre todos os assuntos, e fazia o jornal com gráfica de chumbo, quase manualmente, na sua luta quixotesca contra a idéia de fechar o jornal.

3. O astrônomo que se encantou com o Universo e nossa pequenez e abriu o Clube de Astronomia de Pesqueira que, mais uma vez, inventou, reinventou e fez o impossível para não terminar.

Ufa!!!
São tantos lados deste interminável octaedro chamado PJM.

3 dos meus lados prediletos estão abaixo :

1. O amigo fiel, permanente e eterno.
Esta qualidade é única e só para os Iluminados.
Nunca vi PJM olhando para ninguém na vertical.
Todos eram iguais para ele.
E eu me perguntava qual era o segredo, numa sociedade tão claustrofóbica como a nossa, onde negros-se-reúnem-com negros, futebolistas-com-futebolistas, adolescentes-com-adolescentes, rotarianos-com-rotarianos, etc, de onde PJM tirava a energia para estudar a nebulosa de Caranguejo com um adolescente de 15 anos, os dois discutindo com uma alegria digna dos diálogos de Platão?

2. PJM foi o primeiro socialista que conheci na prática.
Chegado de Roma com toda a parafernália que só abastados estrangeiros tinham (gravadores de rolo com as Sinfonias de Beethoven; não apenas máquinas fotográficas poderosas, mas a inquietação de revelar os seus próprios slides nos banheiros do Seminário,etc,etc) nunca insinuou um "Meu" sobre qualquer daqueles objetos preciosos.
Se algum daqueles meninos, como eu o fiz, pedisse para ouvir o rolo da fita da Sétima Sinfonia de Beethoven, com o seu adagietto, que talvez seja a coisa mais aproximada do paraíso para os ouvidos humanos, ele não hesitava. Emprestava o gravador !
Nunca mais vi alguém tão despreendido!
Foi uma semente na alma de cada um dos seus alunos.
A razão da Civilização , mesmo em termo biológicos, e da Fé, é o seu contínuo aperfeiçoamento. Cada pessoa que conheceu PJM, saiu melhor do seu encontro.

Foi dele que eu, filho de motorista de caminhão, ouvi pela primeira vez alguém falar de Bach, de Beethoven, de Michelangelo e da Capela Sistina.
Tanta beleza me assombrava e me assombra ainda hoje.
Fazendo a vida melhor.

3. A última faceta que gostaria de citar, é espiritual. PJM, para mim, é a confirmação cabal da existência do Espírito Santo.
Se alguém tinha alguma dúvida sobre isto, PJM veio tirá-la.

O rapazinho semi-analfabeto do Sítio do Magé, em Alagoinha, que na década de 50 correspondia a milhares de quilômetros do mundo globalizado de hoje, vir para o Seminário de Pesqueira, depois para Olinda e depois para o Pio Brasileiro, em Roma, voltou falando e escrevendo em diversos idiomas, lendo música por partitura, tocando bandolim, copiando discursos com taquigrafia e obrigando meninos sertanejos que ainda urinavam na cama a acordar ouvindo a Paixão Segundo São Mateus, de Bach!!!
Se alguém queria uma confirmação da existência do Espírito Santo, PJM era ela.
Nenhuma Escola Americana da vida, com sua pedagogia de ponta, faria uma transformação tão ousada e radical.
Só uma obra do Espírito Santo chegaria a tanto.

Um espírito livre e unitário.
A maior parte dos padres de minha época optou por deixar o sacerdócio. Nunca vi PJM fazer nenhuma menção a este passo. O casamento dele com o sacerdócio e com a Igreja era "até que a morte nos separe".
Ou melhor, "até que a morte nos una na Eternidade".

Obrigado Padre José Maria por ter estado aqui e transformado muitos espíritos.
A minha vida, e de muitos, teria sido pobre - muito mais pobre - sem a sua presença.

Louvado Seja Deus !!!

P.S.: Fernando José, de Belo Jardim, divulgou no seu Orkut um álbum com 52 fotografias do sepultamento. Dão uma boa idéia do que lá aconteceu.

O link está abaixo:
(Lembrem de clicar nas fotos para ampliar)





terça-feira, 24 de abril de 2012

Só vão usar o facebook….




segunda-feira, 23 de abril de 2012

Tupac Shakur entra em tournée!!! E Paul McCartney ! E Chico Buarque ! Logo teremos a nova tournée de Elvis Presley.




1. Depois do sucesso midiático instantâneo da apresentação no Festival de Coachella, já se anuncia uma turnê ( no meu dicionário de Aurélio ainda está escrito só tournée!!!) de Tupac Shakur pelo mundo.
A foto acima, do show, mostra o finado em impecável forma física.
E, no vídeo, ainda dá uma umbigada digna de figurar em qualquer antologia pornô do Além Vida.

Até o contrito New York Times publicou artigo para explicar que aquela técnica feita por um pessoal de San Diego não era holograma, mas algo como a projeção em uma tela de vidro. Coisa de 400 mil reais.
Ou seja, a imagem era plana e não bi ou tri dimensional.
Não há porque não fazer a caixinha de dinheiro tilintar.

2. Paul McCartney fez o primeiro show em Recife ontem.
O JC disse que foi estrondoso.
O repórter da Folha disse que ninguém estava prestando atenção e citou em manchete "a apatia do público."
Na verdade ninguém vai mais a show para ouvir música.
As pessoas vão a um show de Paul McCartney porque é necessário dizer : eu fui para o show de Paul McCartney.
Dezenas de pessoas pagaram mais de 1000 reais para, antes do show, verem Paul fazendo a passagem do som!!!
O empresário deveria ter criado pacotes para ver Paul tomando banho ou se alimentando.
Se alguém tinha dúvida que o principal verbo a declinar era tilintar, esqueça.
Paul McCartney foi um gênio até que Os Beatles acabaram.
Fez então uma musiquinha com Michael Jackson e uma balada adocicada.
E mais nada.
Dos anos 1970 para cá, sua filha Stella McCartney, do ramo de modas, foi mais importante para a cultura mundial do que ele.
Ponto parágrafo !

2. Chico Buarque também foi um gênio quando na década de 60 fez os LPS 1,2 e 3.
Fez também algumas obras teatrais (música e/ou texto) que mereciam estar em qualquer panteão de grandes obras de artes do mundo.
Estou falando de Ópera do Malandro, Gota Dágua, Roda Viva e, sobretudo, Morte e Vida Severina, umas das peças mais impactantes que já vi na vida.
Passou um tempo esfriando a cabeça na Itália ou em seu apartamento de Paris, machucado pelo AI 5, como o resto do povo brasileiro, e deu um jab de direita no governo militar com o LP Construção.

Depois…
depois…
depois…
Bom, depois ele deu umas opiniões para justificar algumas atitudes desonestas do governo petista.
Virou, digamos, analista político.
Até que tentou voltar a ser poeta e fez aquele verso memorável de "amar uma mulher sem orifício."!!!!!
Tilintando !!! Tilintando !!!

3. Agora ficamos à espera de que Lisa Marie Presley, descontente com os 60 milhões de dólares anuais que o seu pai ainda lhe rende,com as hordas brasileiras invadindo Graceland, no intervalo para respirar de 2 ataques de compras em Miami, e decida fazer uma nova temporada do rei do rock.
Tilintando !!!

PS : Isto é um texto de blogueiro. Jamais publicaria isto em jornal ou lugar que fosse lido por mais de 200 pessoas que lêem este blogue.
Não é um desmande a 3 gênios da cultura moderna, cada um a seu modo.
Se eu tivesse escrito 1 linha da "balada adocicada" de Paul, no caso Another Day, já me daria por realizado para a vida inteira.
O que tentei dizer foi que nenhum dos 4 (2Pac, Paul, Chico ou Presley) há muitos e muitos anos não exercem mais a sua criatividade.
Ou seja, nada de novo que acrescente às obras deles.



domingo, 22 de abril de 2012

O Anel dos Nibelungos de Wagner, no Metropolitan Opera de Nova Iorque



Semana passada o Met apresentou o seu primeiro dos 3 ciclos da monumental ópera.
Foi o coroamento dos últimos anos, quando as 4 noites que perfazem o Anel foram acrescentadas uma de cada vez ao repertório.
São 4 noites com 15 horas de música + intervalos.

Numa produção de Robert Lepage que custou 16 milhões de dólares e com um cenário de estonteantes 45 toneladas.

Muitas companhias de ópera, mundo à fora, montaram o Anel nesta última década.
É um trabalho difícil.
Uma orquestra que exige mais de 100 músicos, cantores que suportem difíceis papéis e um público que míngua, numa era de rap e bobagens musicais.

Mesmo com ingressos acima de mil dólares, certamente a bilheteria não cobre um quinto dos gastos da suntuosa produção.
Patrocinadores de peso e beneméritos fecham as contas.

Gostaria sim de assistir uma maratona destas.
E vou fazê-lo… logo que lançarem o Bluray nos próximos meses.
Uma ópera ao vivo é experiência de todo diferente.
Mas são tantas as esquinas para chegar lá, que é melhor mesmo ver no aconchego do lar.

As performances também estão sendo exibidas nos cinemas que transmitem espetáculos de música clássica e ópera.
A programação se chama "AO VIVO - EM HD."
Prá quem tiver facilidade e disposição pode ser uma boa opção antes da chegada no Home vídeo.

Durante a semana falaremos um pouco mais desta tetralogia.


sábado, 21 de abril de 2012

Emagrecer é fácil





EU : Humor negro da melhor qualidade!!!


sexta-feira, 20 de abril de 2012

Recife, Resífilis







"Leonardo Crócia :
Edificios são os símbolos da arquitetura falida que acabou com a Boa Vista, inviabilizou Boa Viagem, do suicidódromo da UFPE, que afunda Casa Forte no esgoto, que tornou as ruas do Espinheiro intransitáveis, que fez as ruas de Setúbal desertos da criminalidade, a rua dos Navegantes um forno, que está fazendo das ruas de Casa Amarela canais de passar carro, as das Graças virarem estacionamento, que destoam do conjunto secular do Recife Antigo, que viram dor de cabeça pra o governo como os edf JK, AIP, Igarassu em São José, que são condenados em Santo Amaro, etc.

Hoje a gente é refém desse passado financiado pela Caixa e colhe os prejuízos lutando pra que o processo não continue."

Texto tirado da página do Facebook da minha amiga Teca Leite.

EU :
Espero não estar cometendo nem um deslize, dando publicidade a um texto muito lúcido sobre o Recife.


quinta-feira, 19 de abril de 2012

Guardiola, Wikipedia e credibilidade.




Colocando os pontos nos iis :

1. PEP GUARDIOLA é um ex-jogador de futebol espanhol, que fez uma carreira histórica nos campos da Europa. Há 4 anos é técnico do Barcelona e ainda mais brilhante.
Elevou o clube a uma categoria que deixa qualquer outra grande equipe há anos luz das vitórias e competência do Barça.
Aos 41 anos, se a bola está parada em campo, é ele que chama a atenção no campo. Elegância, beleza e charme que supera as 2 equipes em campo, juntas.

2. WIKIPEDIA é um notável esforço para popularizar uma enciclopédia mundial na internet. Um banco de saber e verbetes em centenas de língua.
Muito boa para "uma primeira olhada" em qualquer assunto, mas não pode ser usada como tese de mestrado. Entrei em todas as campanhas de doação feitas pela Wikipedia, porque a uso todos os dias. É para mim o que os livros da Enciclopédia Britannica era antigamente, com menos profundidade mas grande praticidade de uso.

3. Abaixo está copiado o início do verbete de Guardiola, exatamente como está na edição em português da Wikipedia. Como deixei uma reclamação lá, já podem ter tirado do ar.
Vocês entenderam "e revelou que mantinha relações secretas com Abidal e Puyol" ???!!!
Nem eu!!

" Josep Guardiola i Sala, também conhecido como Pep ou Marol (Santpedor,18 de janeiro de 1971), é um ex-futebolista, e revelou que mantinha reloçoes secretas com Abidal e Puyol ao mesmo tempo atual treinador. Atualmente, comanda o Futbol Club Barcelona. Em Janeiro de 2011 foi eleito pela FIFAcomo melhor treinador do mundo.[1]"


quarta-feira, 18 de abril de 2012

Nada Impede





O homem de 87 anos vai ao médico :

- Doutor, não sei o que me acontece.

Já não consigo fazer amor, não tenho erecção!


O médico :


Meu caro, isso na sua idade é mais do que normal.


- Mas como normal, doutor???

Eu tenho um primo de 89 anos que diz que dá 3 por dia!!!


E o médico:

- Mas o senhor também pode dizer!

As suas cordas vocais estão impecáveis!!!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Tupac Shakur "ressuscita" em holograma.





EU: Impressionante a "realidade"do holograma.
Foi num show de rap em Coachella, esta semana.

Cantores famosos que já não precisavam cantar, pois os play backs e os programas de correção de desafinados já se popularizaram, agora também não precisam mais estar vivos.
ah ah

2. Tupac Shakur foi um artista eletrizante.
Sua execução em 7 de setembro de 1996, aos 25 anos, num cruzamento da Flamingo Road, em Las Vegas, fez o lugar virar lugar de peregrinação dos seus fãs.
Viveu uma vida prá lá de perigosa, tirando a força de sua arte e das letras cruentas das suas músicas de tiroteios, gangues, drogas e sexo em proporções industriais.
Como estaria sua arte hoje aos 41 anos ?
É uma boa questão para passar o tempo.

3.Mesmo para quem tem gosto zero pela música rap (Depois de meia hora de cd ou show eu fico me perguntando: e a música ? vai começar quando ? ) não dá prá ficar parado no show de Tupac na House of Blues, de Los Angeles, que o Globosat HD reprisa a cada 3 dias, há anos.

4. Fico me perguntando como artistas com tanta desorganização pessoal (em outra situação, mas também Mozart e Wagner) conseguem sequer sair da cama de manhã.
E muito menos fazer um show visceral e encantado como o de Tupac.

5. Numa era anterior a CSI Las Vegas, centenas de filmes, livros e inquéritos não conseguiram desvendar quem matou Tupac.
Razões não faltavam, de tantas confusões pesadas que se meteu.
Mas a verdade precisaria ser conhecida.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Brasil 2012: somos todos anencéfalos ?





Tudo vem de muito antes da década de 60, quando o presidente francês De Gaulle arrematou o que já se sabia :
Le Brésil n'est pas un pays sérieux.
(O Brasil não é um país sério).

As raízes vão à chegada de Cabral por aqui.
Numa tremenda desnivelada do Caminho das Índias.
Nada mais distante das Índias do que o Brasil e não me perguntem por que o descaminho foi tão grande.

Em vez de aportar em São Paulo ( mesmo sem lá ter mar ) que viria a ser o símbolo do trabalho brasileiro, Cabral, matreiro, desembarcou na Bahia. No fim de abril, acabada a Semana Santa e em plena ebulição dos Carnavais fora de época, que depois se prolongariam pelo ano inteiro.

Todo o texto acima, num simulacro do Samba do Crioulo Doido de Stanislaw Ponte Preta, para falar da semana que passou.
Os jornais e internet brasileiros fizeram do julgamento de aborto para anencéfalos pelo Supremo Tribunal Federal em Brasília, um clima de torcida organizada em véspera de final de Copa do Mundo.

Na alma do Zé Ninguém brasileiro tudo é assim.
O prazer de vencer, de se impor sobre os outros.

Num STF do futuro século, se uma questão destas chegasse lá, o resultado seria um só.
O próprio funcionário da recepção diria:
- não é cabível receber esta causa.
Saber se uma pessoa deve continuar a gestação de um filho sem cérebro é tarefa particular.
Dos pais e do médico que acompanha.
Esta não é uma causa jurídica pertinente.

Me dá enjôos a excessiva medicalização da vida e a legislação da vida.
Leis deveriam ser feitas para facilitar o convívio humano e engrandecê-lo e não para discutir se o banheiro de sua casa deve ser virado para Meca.
Esta é uma decisão religiosa e não legal.

Se a sua religião recomenda que você não deve abortar, nem quando o feto esteja morto, é um problema seu e de sua saúde e de sua consciência.
Você pode seguir esta linha de raciocínio e prática sem problema.
Quem decidir fazê-lo deve ter o mesmo apoio da saúde pública de quem recebe uma vacina contra hepatite B.

Mas você não pode exigir que uma sociedade, com dezenas de religiões, centenas de denominações de igrejas e até os sem igrejas, sigam a matéria moral que você acha que é certo.
Isto se chama imbecilidade, nem uma vírgula a mais.

O mesmo ocidente que se indigna com as mulheres muçulmanas sendo obrigadas a usarem burcas, quer legislar assuntos particulares para todos.

Este clima de torcida organizada criado por estruturas religiosas ou políticas para universalizarem suas idéias privadas é tão atrasado quando o talebã e suas burcas e sua proibição de meninas estudarem.


domingo, 15 de abril de 2012

Titanic 100 anos, parte II




Como todo mundo já está cansado de saber, ontem fez 100 anos que o Titanic bateu no iceberg.
Como já era final de noite, ele só veio afundar na madrugada de 15 de abril.

Foram apenas 5 segundos de contato com o gelo do iceberg e um rasgão de 90 metros.
Menos de 1 minuto depois do oficial de proa ter avistado o gelo.

James Cameron gastou 18 milhões para transformar o filme em 3 D.
Não tenho nenhuma intenção de assistir esta nova empreitada caça-níquel.
Fez uma mudança fundamental:
um astrônomo entrou em contato com ele, dizendo que as constelações que aparecem no céu do filme, não estavam em seus lugares exatos.
Ele pediu para que ele corrigisse.
E Cameron fez a correção.
ah ah ah

sábado, 14 de abril de 2012

Titanic naufraga há 100 anos.





sexta-feira, 13 de abril de 2012

Coitado do Mao !




Um brasileiro que visitou a China, ouviu a frase dita pelo guia oficial chinês:

"Se você quer visitar um país socialista, compre uma passagem para a Noruega.
A China é um país capitalista."

Marx e Mao devem ter se revirado no túmulo.


quinta-feira, 12 de abril de 2012

Alain Delon e o tempo.


Da época que fez o clássico de Visconti,
Rocco e Seus Irmãos,
1960, aos 25 anos.

Atualmente aos 76 anos.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Cuban Color Temperature de Ezaram Vambe



terça-feira, 10 de abril de 2012

Maceió, Capital Brasileira dos Assassinatos, sangra.




Muito deprimente a reportagem de páginas internas do Diário de Pernambuco de hoje, relatando como a bela e agradável Maceió, se transformou na capital campeã brasileira de assassinatos.

Em 2000 a cidade tinha 360 homicídios por ano.
Em 2010 teve 1025.
109.9 por 100 mil habitantes.
Ou seja, 1 de cada 1000 habitantes é assassinado por ano.

80 % se refere a uso de drogas.
São 15 favelas populosas.
Um senhor que vende doces dá o seu depoimento:
"Em 7 anos perdi 5 filhos.
Foram mortos por amigos.
Compraram drogas, não pagaram as dívidas
e morreram.
Tinham entre 18 e 23 anos."

Alagoas só perde para Maranhão e Piauí,
entre os estados brasileiros com pior desenvolvimento social.

Maceió tem uma estrutura diferente dos morros cariocas.
Não existe território determinado de facções,
nem grandes traficantes exibindo luxo.
Muitos dos pequenos vendedores de drogas
o fazem para financiar o seu próprio vício,
numa teia provavelmente mais perigosa,
inclemente e brutal.

EU :
1. Alguns anos atrás uma autoridade local disse à imprensa que os turistas não precisavam se preocupar com a violência alagoana, pois ela só atingia os habitantes locais.

2. Não tenho nenhuma idéia de como resolver um problema tão dramático.
Certamente, pena de morte,etc, não assustaria pessoas já a um passo do cadafalso "natural "de suas vidas.

3. Além da inserção social, que toma décadas prá se impor, se poderia tomar algumas atitudes já postas em prática no norte da Europa e que dificilmente seriam aceitas num Brasil, onde uma cartilha contra a homofobia faz religiosos exibirem sua maior truculência.
Estou falando do estado financiar a droga ou entregar a própria droga, para evitar as tais dívidas e as mortes.

Qualquer "loucura" que salvasse uma parte destes milhares de jovens condenados à morte cada ano, seria aceitável.
Tudo, menos ignorar uma tragédia social deste tamanho.
O tecido social não permite virar as costas para esta hecatombe, mesmo que ela aconteça longe dos olhos da classe média e rica.

4. Em diferente número e gráu, esta é uma realidade de toda cidade brasileira, com tamanho de médio para cima.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Zou bisou bisou, 1962. Gillian Hills.

Esta música apareceu em filme francês em 1962.
Depois Sofia Loren cantou em outro filme, em inglês.
Semana passada uma corista cantou no primeiro episódio da nova temporada de Mad Men e virou hit novamente.
Hipnótica !!! Difícil tirar da cabeça.

Aqui, na versão original:



Zou bisou bisou (x3)
Zou bisou bisou, mon Dieu qu'ils sont doux

Zou bisou bisou (x3)
Zou bisou bisou, le bruit des bisous

Dans les buissons sous le ciel du mois d'août
Les amoureux glissent à pas de loup
Comme les oiseaux ils ont rendez-vous
On l'entend partout

Zou bisou bisou (x3)
Zou bisou bisou, mon Dieu qu'ils sont doux

Mais dites-moi savez-vous, ce que veut dire entre nous,
Ce que que veut dire "Zou bisou" ?

Ça veut dire je vous l'avoue
Mais oui je n'aime que vous
Zou bisou bisou
Zou bisou, mon Dieu que c'est doux

Mais pas besoin des buissons du mois d'août
Quand tu m'embrasses doucement dans le cou
Car c'est curieux tu vois je l'avoue
Ça me fait partout zou bisou bisou

Zou bisou bisou des petits bisous !


domingo, 8 de abril de 2012

sábado, 7 de abril de 2012

Música nas taças





sexta-feira, 6 de abril de 2012

Sexta-feira Santa





Escultura do Senhor Morto,
Museu do Louvre,
tirado do FlickR,
autoria da foto não identificada.


quinta-feira, 5 de abril de 2012

Thomas Merton: A morte de uma vida egoísta



"Viver só para si mesmo é morrer.


Crescemos e desabrochamos em nossas

vidas na medida em que vivemos

para outros e através de outros.


O que nos falta, Deus lhes deu.


Eles devem completar-nos

ali onde somos deficientes."




Seasons of Celebration, de Thomas Merton
(Farrar, Straus and , New York) 1950.
No Brasil: Tempo e Liturgia,

(Editora Vozes, Petrópolis), 1968.


P.S.: cópia de um email da Sociedade

dos Amigos Fraternos de Thomas Merton,

do Rio de Janeiro.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Planeta Humano, BBC One, trailer.





terça-feira, 3 de abril de 2012

31 de Março por Miriam Leitão.


"Parece uma maluquice que, quase 50 anos depois do golpe militar que fechou o Congresso, suspendeu direitos constitucionais, prendeu, cassou, exilou, torturou, matou e ocultou cadáveres, ainda seja preciso explicar que isto não se comemora.
Nas divergências dos últimos dias o país mostrou os equívocos nascidos do silêncio.
A democracia confundiu não punir com não saber.
Assim, adiou um encontro inevitável.

Não foi a Comissão da Verdade que trouxe um conflito velho de volta à mesa. Ele sempre existiu, e se nunca apareceu foi pela antiga mania nacional de achar que o melhor caminho para evitar uma fratura é fingir que ela não existe.
A questão jurídica que fique entregue à Justiça; outra completamente diferente é a busca dos fatos e circunstâncias das mortes de pessoas que estavam nas mãos do Estado…"

esta é a abertura da coluna de Miriam Leitão, semana passada.
Como sempre, não tem uma letra fora do compasso e a análise é a mais exata possível.
Como se dizia antigamente:
FALOU E DISSE !!!

Foto do Monumento Tortura Nunca Mais, em Recife.
Original no FlickR, atribuída a Cassandra Lima.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

domingo, 1 de abril de 2012

Nota a um amigo francês





Caro Amigo francês,

Desejos de um bom fim de semana depois de todos estes dias deprimentes com os acontecimentos de Toulouse.

Não estou na pele dos imigrantes árabes, mas é um assunto complicado e cheio de meias verdades.

Culpar a França só porque ela não pode tratar todos os que aí chegam como Príncipes, é um exagero.

Um país é complexo demais para respostas fáceis.

O mundo civilizado e inteligente não engoliu algumas frases,de que foi a sociedade francesa e não a Al Qaeda, que alimentou as loucuras de pessoas que não puderam se integrar.

Existe um problemão a resolver, sim.
O filme La Haine ( O ódio ) e tantos outros já mostram um caldeirão de insatisfação nas periferias empobrecidas das grandes cidades francesas, dos imigrantes do norte da África, sobretudo.
"Entre os muros" também mostrou jovens irados, sem que eles saibam exatamente contra o que.
O confronto e o terrorismo certamente não acrescentarão 1 colher de solução ao problema.

Bom fim de semana. E minha solidariedade a este povo tão criativo, maravilhoso e solidário como os franceses.

ZC