domingo, 31 de janeiro de 2010

This is it



MICHAEL JACKSON :

O QUE PERDEMOS: Prá quem não foi ao cinema como eu (na cidade que moro não tem mais cinema), chegou a oportunidade de ver o filme de MJ, que passou algumas semanas na tela grande e foi muito elogiado.

Dia 26 foi o lançamento mundial. Vi o Bluray.
Esqueçam todas as historinhas que povoaram a mídia quando da morte dele. De que estava muito magro, de que estava com cara de doente, que estava decadente.

O filme mostra os ensaios e muito do show que já estava a poucos dias da estréia.
Um artista maduro, exigente, perfeccionista, mas, ao mesmo tempo, muito paciente com toda a gigantesca produção de um show deste porte.

Tenho a impressão de que ele não queria apenas fazer a sua última turnê.
Ele tentava, como fez antes muitas vezes, mudar o patamar do show business.
Numa época que os sem sabor gastavam 20 mil dólares num clipe, ele chamou o famoso diretor John Landis, gastou mais de 1 milhão por clipe, mas redefiniu a MTV.
Era o que faria com a maratona de Londres.

Tudo do maior bom gosto.
Por exemplo, a boa dosagem dos telões que foi uma coisa que se tornou excessiva e enjoativa na última turnê de Madonna, quando um enorme telão no fundo do palco, corisca durante o show inteiro e distrai de qualquer coisa que acontece no palco.

Saiu também um DVD duplo, com extras muito interessantes. 5 reais a mais (39,90 e 44,90). Prá mim foi uma matinê de tarde inesquecível.
Cada extra da produção (os dançarinos e sua seleção; os cantores,etc) daria um novo filme.
O show iria, com certeza, fazer história.

O filme de quase 2 horas é dirigido por Kenny Ortega.
Um dos pontos altos é um dueto
com Judith Hill
"I just can`t stop loving you."

Pena que MJ precisava dormir, depois de tanta eletricidade.
E não encontrou um médico que, além de saciar sua necessidade, e por algumas centenas de dólares, lhe desse uma aparelhagem que avisasse da parada respiratória que o matou.
Detalhes tão pequenos, frente a tanta grandeza artística.
Foi uma perda insanável.
Foi uma pena !!!

Totalmente recomendado.
Dá prá assistir ajoelhado.

sábado, 30 de janeiro de 2010

"NI HAO" CHEN LU YU



CHEN LU YU é considerada a OPRAH WINFREY da China.
Ela tem um programa de entrevista durante a manhã, que já dura 7 anos.

As diferenças ?
Enquanto Oprah tem uma audiência de 40 milhões de telespectadores por semana, Chen tem 140 milhões por dia.
Deve-se a ela o aparecimento na TV chinesa pela primeira vez, de temas como divórcio, aids, violência doméstica,etc. assuntos que são considerados tabu na repressiva sociedade chinesa.
Eu: no olho, ela não deve pesar mais de 35 quilos !!!


NI HAO em chinês mandarim, significa OLÁ!!
Se acrescentar MA, NI HAO MA, significa COMO VAI VOCÊ?

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

O livro de JOBS


Muito inteligente a capa da revista inglesa THE ECONOMIST de ontem, fazendo uma paródia com Steve Jobs, o cérebro por trás da Apple e o lançamento do IPAD.
"O livro de Jobs" foi uma idéia que eu não tinha pensado.
Parodiando o bíblico LIVRO DE JOB, como é escrito em inglês.

As críticas ao IPAD já surgiram em quantidade.
Algumas são pesadas e verdadeiras:
que não tem slot para cartão de memória, que não tem USB, que não tem câmera fotográfica, que não tem tinta digital,etc.
Parecidas com as que surgiram quando o IPHONE foi lançado e antes dele definir os objetos de desejo de possuídores de telefone celular.

Algumas destas falhas certamente serão corrigidas de pronto.
Outras a Apple, feito no Iphone, admite que não faz parte do projeto.
Por exemplo, muitos criticaram quando o Iphone não apareceu com uma câmera de 5 megap., quando vários outros celulares já tinham.
A Apple respondeu a altura: nós não estamos lançando uma câmera fotográfica, estamos lançando um telefone.
Falou e disse.

Certamente já está entre meus objetos de sonho para 2010.
Vamos aguardar!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Coitados dos milaneses



Ainda profundamente consternado com a tragédia haitiana, não pude deixar de comparar com os pobres milaneses, e a abrir meus cofrinhos para aliviar sua enorme desventura.

A 45 km ao norte de Milão, fica o LAGO COMO, que divide Itália e Suíça. A fina nata da capital financeira de Itália e gente endinheirada e de bom gosto do mundo inteiro tem suas "villas" à beira deste lago de 65 kms. Meu ator adorado George Clooney, o menos adorado Sylvester Stallone, o finado Gianni Versace, entre outros.
É considerado por muitos o mais belo lago do mundo.
Tem um dos únicos hotéis que você pode chegar de HIDROAVIÃO.
Este transporte é uma das paixões dos habitantes locais.
Tem uma restaurante noturno na ISOLA COMACINA que fica na beira do lago, onde um jantar pode se tornar inesquecível, mesmo a ilha tendo sido amaldiçoada por um bispo em torno no século X.

E tem a cidadezinha de BELLAGIO, onde mora não "a nata", mas "a nata da nata" do jet set mundial.

Enfim, uma tragédia atrás da outra.
Um contraste com a desventura e miséria haitiana, que VEJA, heroicamente, colocou na capa como "DO CAOS À ESPERANÇA".
Pura fantasia.
Esperança deve ser uma palavra inexistente na língua crioula do Haiti.
Ali a tragédia é o cotidiano.
É como a corrupção entre os políticos brasileiros, uma coisa intrínseca à sua própria natureza.
Deveríamos ser realistas e colocar nas capas:
HAITI: NÃO HÁ ESPERANÇAS.
É de pior a pior, feito a cantiga da perua.

Enquanto isto.... o Lago Como devastou meu coração.
Se não me matou de tristeza, matou de inveja.
Vou mandar o que restou dos meus cofrinhos de moedas para lá.



Clique na foto para uma boa ampliação de uma das cidades na beira do Lago Como.
Lecco, cidade e província.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Bolsa cabestro



Na cartilha de certas administrações, aproveitar o finzinho de ano para decretar uma medida polêmica, impopular ou simplesmente indecorosa é prática corrente. Com o Legislativo já quase em recesso, os órgãos do Executivo mais ou menos desmobilizados e as atenções da imprensa voltadas para outros assuntos, governantes se sentem à vontade para sacar medidas que, de outro modo, não teriam coragem de apresentar em público. O governo federal se valeu mais uma vez dessa tática no dia 23 de dezembro, quando um ato do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome alterou as regras de funcionamento do Bolsa Família, numa manobra destinada a evitar que 5,8 milhões de beneficiados fossem excluídos do programa - FATO LEGAL E PREVISÍVEL, mas que, em ano de eleição, poderia ser funesto para a campanha petista.


matéria do blog
de Reinaldo Azevedo, da VEJA.

EU, REINTERPRETANDO: pelas próprias regras do Bolsa Família, 5,8 milhões de famílias deveriam ser excluídas a partir deste 1 de janeiro. Considerando que seriam 5.8 milhões de eleitores insatisfeitos pela retirada do seu ganha pão, o Governo Federal anulou esta norma e adiou a retirada destas famílias do programa até o dia 31 de outubro de 2010. NÃO POR ACASO, A DATA DO SEGUNDO TURNO DA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL BRASILEIRA.

O que nunca entendi é por que a Rede Globo vai procurar artistas em Portugal, se no Brasil só tem "artistas"?
Inteligentes, não ????

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Ali "CRÍMICO"




Esta terrível imagem que correu o mundo
22 anos atrás nunca me saiu da memória:
uma mãe curda agarrada ao seu bebê,
a quem tentou proteger, inutilmente.

Mortos por um ataque de gás preparado por Ali Hassan Al-Majid, Ali Químico, a mando do seu primo e então presidente do Iraque, Sadan Hussein, contra a cidade de Halabja, no norte do Iraque.
O vilarejo de pedras ficou muito tempo sem habitante.
O ataque foi uma retaliação a um ataque contra soldados iraquianos.
5.000 pessoas morreram e muitos ficaram doentes.

Ontem ele foi enforcado no Iraque, para cumprir 3 sentenças de morte a que tinha sido condenado.
Não tenho como julgar o horror da sua responsabilidade e do seu crime.

Deus o fará por todos nós.

Ali Químico, ou, para mim,
ALI CRÍMICO.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

ONGs NO HAITI: ajudando ou atrapalhando?



The Lancet, uma das mais respeitadas revistas médicas do mundo, criticou, em editorial, a atuação das agências internacionais de ajuda humanitária no Haiti, dizendo que elas podem estar provocando mais danos do que benefícios no país.

Richard Horton disse que muitas entidades não aprenderam com os erros do passado, como no tsunami da Ásia, e estão se concentrando mais em se autopromover do que trabalhar por um objetivo comum.

"O que precisa acontecer é as ONGs, as agências, os grupos humanitários e os governos trabalhando juntos sob uma liderança única. Mas isso não está acontecendo agora", afirmou.

"Vimos os Estados Unidos assumindo a liderança, vimos a Organização Mundial de Saúde (OMS) falando em comandar a resposta à tragédia, vimos outros governos mandando equipes de auxílio às vítimas, mas como tudo isso está sendo coordenado? Não há um mecanismo claro para isso."

Agências humanitárias atuando no Haiti estão "obcecadas demais" com a cobertura da imprensa e com suas campanhas de marketing, e acabam em um clima de competição.

"Enquanto essas agências se mantiverem competindo por uma posição no Haiti, há um risco real de que os suprimentos não sejam distribuídos corretamente."

Resumo de um pequeno artigo no site da BBC.

domingo, 24 de janeiro de 2010

O homem mais belo do mundo


NACHO FIGUERAS, jogador de Polo, argentino e modelo da Ralph Lauren, foi eleito O Homem Mais Belo do Mundo.

Só não entendi porque esqueceram de mim.
ah ah ah ah

Minha amiga Rosa de Strasbourg, elegeu como o homem mais bonito do mundo o cantor grego SAKI ROUVA, foto abaixo.
Deixo a difícil decisão para vocês.

(Não gosto desta mania atual de todo mundo encher o lábio superior de silicone ou colágeno e ficar parecendo que levou uma picada de maribondo. Angelina Jolie foi quem lançou esta moda extravagante.)


Esta semana, com as fotografias excelentes da campanha de Armani, o jogador Cristiano Ronaldo também não faria feio, nesta lista exdrúxula.
Tirando as sobrancelhas metrossexuais que colocaram nele...
Por que exdrúxula?
Porque a beleza é uma coisa muito...muito relativa.
(nada de inédito nesta frase lugar comum).


sábado, 23 de janeiro de 2010

Carteira assinada



Desempregado de Belo Horizonte, Minas Gerais, vai à Agência de Trabalho.

Lá vê um cartaz:
"Precisa-se de assistente de ginecologista".

Vai ao balcão e pede mais detalhes sobre o emprego.
O funcionário explica: Precisa aprontar as pacientes para o exame. Ajuda-as a se despirem e cuidadosamente lava as partes genitais. Depois faz a depilação e esfrega gentilmente óleo de amêndoa. O salário mensal é 4.500 reais e tem todos os benefícios. Mas, você deve ir até Ouro Preto.

- Uau. Mas...Ouro Preto fica a 90 kms.
Pensei que o emprego fosse aqui.
É lá o emprego?

E o funcionário:
- Não. O emprego é aqui em Belo Horizonte.
Lá em Ouro Preto é o fim da fila dos pretendentes a este emprego.

Copiada da revista VIP de janeiro 2010.
A piada é politicamente incorreta,
mas o blog não. kkk

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Minha Paranóia suína



Desde que nasci que me equilibro entre a frase do filósofo francês MERLEAU PONTY, que diz (em citação livre) que "OS FATOS NÃO INTERESSAM. O QUE INTERESSA É O QUE ESTÁ POR TRÁS DOS FATOS." e na tentativa de não alimentar paranóias de ver coisas que não existem.

São perguntas recorrentes que me vieram à mente, deste o início da epidemia:

1 - Por que tanto estardalhaço para um gripe que matou menos do que as epidemias anuais de gripe, a fora a triste particularidade de matar também jovens sem doença debilitante?
2 - Por que os governos se apressaram em gastar tanto dinheiro em vacinas, antes de fazer teste na população prá saber se já não tinha havido um contato e uma natural resistência? O teste de Nova Iorque deu 85% das pessoas já com proteção. Os jornais anunciavam "Brasil compra 1.5 bilhão de dólares de vacina. " , "Suiça compra "N"milhões", etc.

Foi com receio de estar sendo paranóide (mania de perseguição) que postei algumas semanas atrás uma nota destas do lado direito aqui do blogue.

As agências de notícia começaram a dar uma resposta. A manchete e a história resumida:
"O PARLAMENTO DA EUROPA se reúne hoje para apurar o comportamento da prestigiosa ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. A OMS alterou (sem nenhuma base científica) critérios de pandemia, só para divulgar que a GRIPE SUÍNA era a primeira pandemia do século 21. Detalhe ESCABROSO: vários dos cientistas que fazem parte deste painel são funcionários e—ou fazem parte da folha de pagamento das empresas que estão lucrando bilhões com remédios e vacinas para a GRIPE SUÍNA."

Confiar em quem?
Deste assunto já sei que não foi paranóia minha. Tinha mesmo uma boa... e desonesta... explicação.


quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Nasrudin



O Mestre Sufi NASRUDIN, século XIII, recebeu um pedido de orientação.

Ele perguntou:
- Como é a sua casa por dentro ?
- Bonita, Mulá, mas não entra sol.
- E não tem sol em nenhum lugar próximo ?
- No jardim, Mulá, tem sol.
- Então, por que você não muda a sua casa para o jardim?


do livro NASRUDIN, 99 CONTOS,
Editora Caravana de Livros, 2009.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

UPS, UM PROBLEMA.





A UPS é uma das maiores empresas de cargas do mundo. Eu sou um nada, um velho médico do interior do Nordeste do Brasil (ainda mais nada). Mas que não posso ficar calado quando sou enganado. A minha história:

No fim de dezembro a Barnes and Noble, uma das maiores livrarias do mundo, mandou um email de oferta. Aproveitei para comprar a caixa completa do seriado QUEER AS FOLK.
Paguei 210 reais pela caixa e mais 210 à UPS de impostos e taxas.

A encomenda que era para ser entregue em 5 dias, foi entregue em 20 dias. E qual não foi a minha surpresa quando abri a caixa e o que tinha dentro era um pesado volume de YALE SHAKESPEARE COMPLETE WORKS... que é vendido por 40 reais.!!!

A Barnes and Noble disse que era impossível a troca lá, pois o setor de livros fica a quilômetros do setor de DVD. E devolveu o dinheiro da compra.
A UPS onde a encomenda foi provavelmente trocada, faz de conta que não é com ela. O 0800 não atende, os emails que os funcionários mandam e você responde TODOS voltam dizendo que não encontraram destinatário.
Os funcionários com quem se consegue falar, no caro custo de interurbanos intermináveis, pedem fotografias, impressões digitais, dna, e tudo mais da encomenda e não resolvem o problema.

Quem violou a caixa ( que é uma interessante série gay) é também burro, pois o filme não tem qualquer tipo de legenda e ele não seria inteligente, pois é desonesto.

Todos os dados desta irritante história estão em um dossiê meu, que vou começar a publicar em 5 idiomas diferentes, em centenas de blogues e em todos os serviços de Defesa de Consumidor. Vou cobrir meu prejuízo com a divulgação da minha indignação.

Sei, como já disse várias vezes aqui no blog, que somos descendentes dos ladrões e sifíliticos que vieram de Portugal para nos colonizar. Mas pensei que 500 anos teriam sido o bastante para melhorarmos um pouco.


A UPS E O GOVERNADOR JOSÉ ROBERTO ARRUDA ME DESMENTEM.

O BRASIL É MESMO UM PAÍS desonesto.

No meu perfil do Orkut já abri as comunidades em inglês, francês e português com os nomes de "UPS um problema", "UPS " e "UPS... À MOI". Nos próximos dias em espanhol, italiano e alemão. Link abaixo do meu perfil, onde estão as comunidades (lembro que o Orkut agora é aberto para todos, mesmo os que não são sócios).

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=744341917177953622

P.S.:Esta semana saiu uma nota na coluna do jornal. Casal abastado viaja do Rio para Nova Iorque com bebê e carrinho de bebê de grife Ferrari. O carrinho é roubado depois do embarque no Aeroporto do Rio. Chegam a NY e compram outro carrinho do mesmo. Quando desembarcam no Rio o novo carrinho é roubado novamente antes do desembarque!!! Confirmado que somos um país de desonestos.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Mrs. Robinson

... ou a fofoca perfeita, com trilha sonora e tudo.

A história vinha rolando na internet há alguns dias. Ontem apareceu na VEJA e no Manhattan Connection e aí eu também não aguentei.

Por trás desta fotografia descontraída do casal Íris e Peter Robinson, o casal 20 da Irlanda do Norte, ele Primeiro Ministro do país, esconde-se um segredo.
Ela, já com mais de 40 anos, ia ao açougue mais do que o necessário. O interesse? O filho do açougueiro, do alto dos seus 19 anos. Quando o pai dele morreu, arranjou dinheiro para que montasse um café (e aproveitou para ficar com 10%). Levou o mancebo para sua própria cama de casal. Quando ele se cansou, inventou que estava com câncer no testículo.

É uma história bem semelhante com a do filme de Mike Nichols, THE GRADUATE, 1967 (no Brasil mais um título bobalhão de A PRIMEIRA NOITE DE UM HOMEM). Dustin Hoffman faz o colega de colégio que se apaixona pela mãe casada do amigo. A música Mrs.Robinson (Senhora Robinson) da dupla Simon e Garfunkel foi das mais ouvidas nas décadas de 60 e 70. Coincidentemente a mãe do filme também se chamava Mrs.Robinson e era interpretada pela bela e classuda Anne Bancroft.

Vai custar prá aparecer outra fofoca tão perfeita.
Se encontrar na internet, posto junto com este comentário a bela música.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Ignorância = felicidade???



Será que a receita da felicidade é mesmo a ignorância?
Depois daquela pesquisa brasileira no meio do ano que mostrou que as populações mais satisfeitas com o governo e mais felizes estão exatamente nas áreas que têm menos saneamento, menos melhorias, mais violência e tudo de ruim, já fiquei pensativo.

Mas nos últimos dias do ano apareceu a pesquisa americana que mostra que o lugar do país onde as pessoas são mais infelizes é exatamente a gloriosa, invejada e glamourosa NOVA IORQUE.
O chique Connecticut, o educado Massachussets e a ensolarada Califórnia também estão entre os 10 mais infelizes.

Os mais felizes ? Os jecas do Mississipi, Alabama, Carolina do Sul e Flórida.
Será que os estados escravistas trouxeram felicidade?
Quem souber da resposta mande-me dizer.


domingo, 17 de janeiro de 2010

A mais bela do mundo


(clique em cada uma das duas fotos, para ver uma ainda mais bela amplicação)

Eleita por diversas revistas, como a mulher mais bela do mundo, a atriz indiana mais famosa de BOLLYWOOD:
AISHWARYA RAI.

Aos leitores, a decisão.
No outro domingo tem o homem mais bonito do mundo.


P.S.: Desculpem a aparente frivolidade da matéria de hoje, frente à tragédia absurda do Haiti. Passei horas tentando condensar uma nova matéria sobre isto, mas não consegui. É por demais doloroso ficar pensando nisto e escrevendo. Fica para um próximo dia.

sábado, 16 de janeiro de 2010

O Haiti... é aqui.




" ... e quando ouvir o silêncio sorridente
de São Paulo
Diante da chacina.

111 presos indefesos,
mas presos são quase todos pretos
Ou quase pretos,
ou quase brancos
quase pretos de tão pobres

E pobres são como podres
e todos sabem como se tratam os pretos

E quando você for dar uma volta no Caribe
E quando for trepar sem camisinha

E apresentar sua participação inteligente no bloqueio a Cuba

Pense no Haiti

reze pelo Haiti

O Haiti é aqui

O Haiti não é aqui"

Últimos versos da música de Caetano Veloso, HAITI, de 1993.
do disco TROPICÁLIA 2.


Bandeira do Haiti.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Manual do "comedor"


Muito interessantes as idéias de MICHAEL POLLAN, no seu livro Manual do Comedor, em inglês. Numa época onde as pessoas se empanturram de porcarias em geral, é um conselheiro prá quem deseja preservar a saúde e a vida.

Uma das regras que achei muito curiosa foi: coma as porcarias que você quiser, desde que seja você que faça. Ele cita o exemplo das batatas fritas: são baratas e fartas, (e salgadas e gordurosas). Se você for fazer, você desiste, do trabalho que dá e da sujeita que deixa na cozinha.
Outras regras:
- não coma nada maior do que sua cabeça.
- só uma fatia de pizza.
- não é comida que preste se é servida pela janela do carro.
- não é comida que preste se tem o mesmo nome no mundo inteiro (tipo Bic Mac).

Alguns conselhos populares têm um fundo de verdade, mas não de todo, como o próprio autor reconhece.
Exemplo: "Quanto mais branco for o pão que você come, mais rápido você vai morrer."
(The whiter the bread, the sooner you`ll be dead)

Link da entrevista dele no New York Times, "64 maneiras de se alimentar":

http://well.blogs.nytimes.com/2010/01/08/michael-pollan-offers-64-ways-to-eat-food/

Outro artigo muito interessante do mesmo autor, que saiu no Magazine de domingo também do New York Times. Este tem quase dez páginas. Melhor imprimir prá ler.

http://www.nytimes.com/2007/01/28/magazine/28nutritionism.t.html?_r=1

P.S.: Existem 2 livros dele em português. "Em defesa da comida" e "O dilema do onívoro".

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Maior, mais forte e mais rápido.



( Gregory Valentino, os maiores bíceps do mundo.)

Os documentários da HBO começaram 2010 fazendo o que eu mais gosto: trazer reflexões para a minha mente.
Pega temas polêmicos e expõe a visão do autor.
E você que se vire em suas decisões, contra ou a favor.

Abriu 2010 com o documentário "MAIOR, MAIS FORTE, MAIS RÁPIDO, o efeito colateral de ser americano", cerca de 90 minutos, do diretor Chris Bell, 2008. Ele usa a sua própria experiência de vida e dos seus 2 irmãos, como americanos de classe média, gordinhos, que decidiram ficar fortes...e apelaram para os esteróides anabolizantes.

Apresenta todos os lados da moeda.
Atletas que usam há mais de 30 anos, sem problemas. Discute a chamada "fúria do esteróide", atletas que tomam atitudes iradas e irracionais.
Mostra Ben Johhson, canadense, que perdeu a medalha olímpica por ser pego no teste. E ele diz o que todo mundo já sabe: NINGUÉM chega numa final de corrida de velocidade numa olímpiada sem o uso de esteróide. A diferença é que ALGUNS SÃO FLAGRADOS e outros não.

Também questiona a insistência dos governos em criminalizarem os esteróides.
Apresenta uma estatística norte americana de um ano recente:
FUMO - 450 mil mortos em 1 ano.
ÁLCOOL - 75 mil mortos em 1 ano.
ANABOLIZANTES - 3 mortos em 1 ano.
Por que os governos não proíbem o fumo e o álcool, e sim os anabolizantes?
É uma boa pergunta.


Capa do DVD.
Na minha vivência do dia a dia, o que vejo são poucos atletas tomando anabolizantes para ficar FORTE. A maior parte deles toma prá ficar GORDO.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Hebe Camargo: a realidade e as realidades.



HEBE CAMARGO, 80 anos,
apresentadora de TV por mais de 50 anos,
esta semana, adoeceu com dor na barriga.
1 dia depois fez uma videolaparoscopia e biópsia.
Mais 1 dia útil saiu o resultado da biópsia.
Mais 2 dias começou quimioterapia para o raro câncer de peritônio que foi diagnosticado.

Tudo isto aconteceu no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, que deve ser um dos melhores hospitais do mundo. A conta de um internamento destes com cirurgia,etc, deve ser na casa das centenas de milhares de reais.
Desejamos toda sorte à simpática apresentadora.
Muita competência prá manter um público durante tanto tempo, com um programa de variedades leves e descomprometidas.

Só prá comparar com a realidade da saúde pública no resto do Brasil e o "andor da carruagem" de quem não pode pagar o Albert Einstein, como eu próprio.

Duas pacientes se consultaram preocupadas.
Haviam tido relacionamento sexual desprotegido, com um senhor, que posteriormente foi diagnosticado e morreu de AIDS.

Solicitei o teste de HIV pelo sistema de saúde brasileiro, pois elas não tinham 45 reais prá fazer o exame particular.

O resultado, felizmente negativo,
me foi entregue pelo laboratório público,
2 ANOS E MEIO DEPOIS DA COLHEITA DO EXAME !!!!

Toing!!!!!!!!!
É quase a mesma agilidade do Einstein.


terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Parabéns, novamente, RICARDO NOBLAT.




RICARDO NOBLAT, pernambucano morando em Brasília, continua sendo um dos melhores jornalistas políticos brasileiros.
A coluna de ontem ARRASOU mais uma vez.

Trata do Governador de Brasília, JOSÉ ROBERTO ARRUDA, acima, nesta bela charge do LATUFF.

O título da coluna é "SÓ PRENDENDO".

Algumas frases:
- Que país é este onde um deputado filmado escondendo dinheiro nas meias reassume a presidência do poder Legislativo para comandar o processo de impeachment do governador, seu aliado, acusado de corrupção?

- Em dezembro último, ao falar sobre o DEMSALÃO, o Presidente Lula insistiu em defender bandidos, dizendo:
"As imagens não falam por si."
Não, de fato não falam. ELAS GRITAM, BERRAM, SUPLICAM para serem escutadas.

- Arruda já se reuniu em separado com os 17 deputados que o apóiam na Câmara. Seu recado foi simples e direto: OU NOS SALVAMOS JUNTOS OU AFUNDAREMOS JUNTOS.

No final da coluna, o excepcional Noblat arremata com o sentimento uníssono da nação brasileira de bem:
- SOMENTE A JUSTIÇA PODERÁ ESTRAGAR OS PLANOS DE ARRUDA. PARA ISTO TERÁ QUE AGIR COM RAPIDEZ, ACATANDO O PEDIDO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE MANDAR PRENDÊ-LO. SOLTO E NO EXERCÍCIO DO CARGO, ARRUDA PREJUDICA AS INVESTIGAÇÕES, COMO TEM FEITO.

Valeu Noblat !!!
É provável, como ele mesmo diz em outra parte da coluna, que não dê em nada. Mas ficamos de peito lavado quando alguém diz a verdade.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Alongue-se


Teste suas artérias tocando os seus pés ?