terça-feira, 30 de junho de 2009

Jornalismo

GAY TALESE

2 notícias sobre jornalismo nos últimos dias:

1 - O Supremo Tribunal Federal por uma desconcertante margem de 8 a 1 derrubou a necessidade de diploma para uma pessoa exercer a função de jornalista.
Estou de acordo que a maioria das profissões precisaria de uma avaliação de habilidade e não de um diploma. Isto seria em SHANGRI-LÁ moral, Ou seja um lugar que só existe nos confins do Himalaia, onde todos fossem honestos. Então, se alguma pessoa demonstrasse enorme habilidade em fazer cirurgias de cérebros, sem nunca ter ido a uma faculdade de medicina, seria submetido a uma prova e liberado, se preenchesse as normas exigidas.
O resto é balela e gente querendo criar cartórios para render dinheiro para alguns.

Um resumo de entrevista excepcional na VEJA com um dos fundadores do "novo jornalismo" americano GAY TALESE. Esta frase abaixo encerra o artigo e transmite enorme vigor, entusiasmo e crença na fé da mídia. Agora dizer que o jornalismo não acoberta mentirosos, é conto da carochinha. Talvez este rigor aconteça no New York Times, Washington Post e Le Monde. No resto da imprensa, como já disse muitas vezes aqui neste blog, o que domina são os interesses. Cada edição diária passa pelo crivo do dono do jornal até do ascensorista do elevador, prá saber se tem algo que desagrade a eles...Se tiver é retirado das notícias.

" De todas as profissões,
se um jovem estiver interessado em honestidade
e não estiver interessado em ganhar muito dinheiro, eu aconselharia o jornalismo, que lida com a verdade e tenta disseminar a verdade.
Há mentirosos em todas as profissões,
inclusive no jornalismo,
mas nós não os protegemos.
Os militares acobertam mentirosos.
Os políticos, os partidos, o governo, todos fazem isso.
O escândalo do Watergate é uma crônica de acobertamento.
Os jornalistas não agem assim, não toleram o mentiroso entre eles.
Acho uma profissão honrosa, honesta.
Tenho orgulho de ser jornalista."

Link da página da Veja on line, para o artigo de Gay Talese:

segunda-feira, 29 de junho de 2009

OSHO


Em 1970 alguém pediu a Osho que dizesse quais eram os seus 10 mandamentos :

  1. Nunca obedeça a ninguém, a menos que a ordem também venha de dentro de você próprio.
  2. Não existe um Deus além da vida, ela mesma .
  3. A verdade está dentro de você. Não procure em nenhum outro lugar .
  4. Amar é rezar.
  5. Tornar-se um Nada é a porta para a verdade. Insignificância é por si só o meio, a meta e a finalidade.
  6. A vida está aqui e agora .
  7. Viva desperto .
  8. Não nade, flutue .
  9. Morra a cada momento. Assim você poderá estar novo a cada momento .
  10. Nâo busque. Aquilo que é, é. Páre e veja.

Para quem quiser saber um pouco de Osho,
o link leva a uma biografia em português na Wikipedia.

Para quem quiser uma biografia mais extensa,
e centenas de referência, abaixo o link da Wiki, em inglês:

domingo, 28 de junho de 2009

dali


Salvador Dalí - 1971
Pintor espanhol

Atualmente, acho que você é a única pessoa do mundo a favor da Guerra do Vietnã, não?
Eu não sou somente a favor da Guerra do Vietnã, mas a favor de todas as guerras. A guerra é uma empresa saudável, gloriosa. Faz com que os homens sonhem, traz à tona paixões recalcadas, é uma época de esperanças e grandes ilusões. Com isso, com sua intensidade, faz com que a arte, a ciência e as idéias se desenvolvam. Do ponto de vista erótico, as guerras desencadeiam impulsos reprimidos e estimulam a sensibilidade das pessoas. E veja: além de tudo, se houvesse paz o tempo inteiro, nós seríamos vítimas de uma mortal monotonia.

Do arquivo da Revista VEJA.

EU : Este não é um blog didático, ou seja com finalidade de ensino. Evidentemente que não concordo com uma só palavra do genial - e maluco - pintor. Acho a guerra uma coisa desastrosa. Não tem explicação prá estar jogando bomba em cima da cabeça dos pobres, enquanto os ricos estão protegidos. Eu diria que guerra era boa se, por exemplo, a Guerra do Iraque fosse os EUA jogando bombas nos palácios de Sadam Hussein e este jogando bombas na Casa Branca. Do contrário, é usar os outros como telhado.

sábado, 27 de junho de 2009

Antibióticos


Anvisa vai determinar venda controlada de antibióticos07:45 | 16 de Junho de 2009


Notícia do fim de semana diz que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai incluir os antibióticos entre os medicamentos de uso controlado, com registro obrigatório de dados da receita, como forma de combater seu uso indiscriminado e resistência das bactérias às drogas. No Brasil, para alguns tipos de bactérias, em até 40% dos casos já há resistência a determinados antibióticos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 50% das prescrições mundiais de antibióticos são incorretas.

EU: É uma medida que já chega tarde e atrasada. É uma vergonha que um país com tantos campos de desenvolvimento num mesmo nível que grandes potências, tenha um controle de antibióticos tão precário como o Brasil, parecendo com países africanos e totalmente destruídos.

Nos EUA ou na Europa educada, é mais fácil você comprar cocaína ou heroína ou um medicamento psicotrópico do que um antibiótico. No Brasil qualquer pessoa, como vejo no meu dia a dia, vai na farmácia e compra 2 comprimidos de Cefalexina ou amoxicilina para unha encravada, dor de garganta e outras indicações desnecessárias. Se a ANVISA não agir logo, nem precisará mais agir, pois todas as bactérias brasileiras já ficarão imunes a todos os antibióticos e ninguém vai mesmo precisar usar mais nenhum, pois não irá adiantar.

Só faço votos que o "controle" não seja tão rígido quando com os remédios psiquiátricos controlados. O controle só vale nas capitais. Em qualquer cidade do interior, qualquer pessoa compra qualquer medicamentos sem mostrar a receita. Vamos ver em que vai dar.

Abaixo o link da reportagem na página da Veja. acervo digital.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

As voltas que a medicina dá


Novos estudos relacionam uso de hormônios da menopausa a câncer de mama.

SAN ANTONIO (AP) -- Tomar hormônios de menopausa por 5 anos duplica a possibilidade de uma mulher ter câncer de mama.

Mesmo mulheres que usaram por menos tempo que isto tiveram aumento desta possibilidade. O risco volta ao normal depois de 2 anos de ter suspendido o uso.

É uma boa notícia depois de uma má notícia.

Fumantes, por exemplo, levam 10 a 15 anos depois de pararem de fumar prá chegarem nos mesmos riscos de quem não fuma.

EU : Não faz 10 anos que toda mulher de mais de 50 anos, em certas rodas, começava o diálogo com outra, perguntando qual hormônio ela tomava. Era considerado o milagre da medicina: deixaria as cinquentonas eternamente jovens, com pele brilhante e de eterno bom humor. Além de outras características que não posso colocar neste blog, senão o provedor vai classificar como blog pornográfico.

É preciso um grande cuidado com certos modismos inconsistentes nos cuidados médicos. Incentivados por melhoras a curto prazo e o lucro (sempre ele) bilionário da indústria farmacêutica. A ilusão humana junto com a ganância capitalista são uma dupla imbatível em qualquer situação.

Nos meus 34 anos de médico já vi tantos fogos de palha destes, que não me assombro com mais nenhum.

Parei de frequentar congressos médicos porque em muitos deles os assuntos eram os mais bizarros possíveis. Fui a um que quase todas apresentações eram "os novos paradigmas" (modelos) e se referiam a um produto caríssimo para uso em doentes cardíacos, com "vantagens de 40%" ,etc,etc. 2 anos depois este remédio nem era mais usado. Caiu no esquecimento. Não sem antes enriquecer seu produtor.

Se certa doença mata 5 pessoas em 10 mil e você consegue diminuir para 3 pessoas, isto é uma vantagem de 40%.

Você só esqueceu de perguntar às outras 10 mil se elas querem tomar um remédio caríssimo para diminuir esta mínima chance. Eu pelo menos não gostaria de ter tal "vantagem".

Prá não prolongar muito, uma frase recente que li :

"EXISTEM 3 TIPOS DE MENTIRAS: MENTIRAS, MENTIRAS TERRÍVEIS E ESTATÍSTICAS."

Se pode fazer quase tudo com uma estatística.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Rede de Intrigas

Muito bom rever em alta definição, pelo canal MGMHD, o filme REDE DE INTRIGAS (NETWORKS), de 1976, com direção brilhante de Sidney Lumet e com William Holden, Robert Duvall, Faye Dunaway e Peter Finch.
Um apresentador de telejornal, velho e alcóolatra, recebe a notícia que está demitido. Durante o programa ele anuncia o fato e diz que irá se matar diante das câmaras no seu último dia de trabalho. A audiência do canal de televisão cresce enormemente e ele é transformado em um profeta louco. Os que o apoiaram começam a temer que ele tenha ido longe demais. O final será trágico.
Ganhou Oscar póstumo de Melhor Ator (Peter Finch), melhor atriz, melhor atriz coadjuvante e melhor roteiro.
Abaixo um dos discursos que ele faz ao vivo.

"Menos de 3% dos americanos lêem livros.
Menos de 15% lêem jornais.
E a única verdade que conhecem está na tela da TV.
TV NÃO É VERDADE.
TV É UM MALDITO PARQUE DE DIVERSÃO. É CIRCO. É CARNAVAL.
SE QUERES A VERDADE PROCURA TEUS GURUS, PROCURA DEUS, PROCURA A TI MESMO. NÓS NA TV LIDAMOS COM ILUSÕES. NADA DO QUE SE MOSTRA AQUI É VERDADEIRO.ISTO É LOUCURA DE MASSA, SEUS MANÍACOS. DESLIGUEM A TV."

" Tudo que você e a TV tocam é destruído. Vocês são indiferentes ao sofrimento, insensíveis à alegria. E tudo que tocam morrem com vocês."

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Coppola

EU: Raramente me acontece. Ler uma reportagem e pensar: "Tem certeza de que não fui eu quem disse estas palavras?"
O que penso sobre a vida, sobre o tempo que me resta, sucesso e fracasso, saiu por inteiro da boca deste fantástico cineasta chamado Francis Ford Coppola, que fez filmes inesquecíveis como a trilogia do Poderoso Chefão e Apocalypse Now.

ISABEL LAGUNA, da agência Efe, em Madri.

O cineasta Francis Ford Coppola assegurou que, a partir de agora, quer realizar apenas filmes baseados em roteiros próprios, caso de "Tetro", sua produção mais recente.

"Não me importa se são um êxito ou um fracasso , quem investe o dinheiro sou eu, o que me importa é aprender", afirmou.

"Não me resta tanto tempo", confessa o cineasta, insistindo que "o maior prazer da vida é aprender algo".O diretor decidiu voltar ao início da carreira, quando escrevia seus próprios roteiros, porque essa é a maneira de encontrar as respostas para as perguntas que o perseguem.

"Fazer um filme é como fazer uma pergunta, quando você começa a escrever, você sabe sabe qual é a pergunta, e quando acaba o filme já sabe qual é a resposta, ou alguma coisa sobre ela", explica.

"Quando faço um filme, sempre tenho meus sentimentos feridos, pois normalmente são grandes fracassos, o único que não foi considerado um fracasso imediato foi 'O Poderoso Chefão'.

"Tenho muito dinheiro, um avião privado. A única coisa que não tenho é a compreensão sobre muitas das coisas que gostaria de compreender".

terça-feira, 23 de junho de 2009

WINNIE MANDELA, A CEREJA DO PUDIM.


Não poderia deixar de encerrar os comentários sobre este paraíso chamado ÁFRICA DO SUL, sem falar da parte mais apetitosa e mais trágica para os pobres e oprimidos de lá.
O nome da cereja do pudim se chama WINNIE MANDELA.
Casada por 38 anos com o grande líder da liberdade, NELSON MANDELA (evidentemente que não estou criticando ele. Tenho o maior respeito pelo homem digno que sempre foi.).
Tinha idéias um pouco, digamos, desumanas.

Em um comício de 1985 disse que "colocando o microondas em prática contra nossos adversários, libertaremos o país." O que é o microondas? Aquela técnica que os traficantes do Rio de Janeiro importaram: pneu de carro cheio de gasolina em torno do pescoço e aí você assa vivo até ficar só as cinzas.!!!
Beleza de criatividade !!!
Também foi condenada por 43 acusações de fraudes e 25 de roubo.
E mais: foi condenada por ter ordenado que seu guarda-costas matasse um garoto de 14 anos, Stompie Moeketsi, que ela achava que era informante da polícia.

Se ela fosse de Pernambuco, o Jornal do Commercio não teria dado uma linha da notícia da condenação, mas teria enfeitado meia página com a passeata em protesto pela pena, uma semana depois. E claro que Juracy Andrade teria feito um artigo acusando a justiça de estar criminalizando as causas sociais.

Enfim, arrumem as malas e preparem os passaportes para assistirem a Copa do Mundo de Futebol de 2010.
Por favor, façam um bom seguro de vida.
Choro de viúva é mais baixo, quando o finado deixa um bom dinheiro.

P.S.: O sofrido povo sul-africano é bobo, mas não é burro. Nas eleições de 2009 a ACN (Congresso Nacional Africano),o partido do salvador Nelson Mandela foi honrado com um valoroso QUINTO LUGAR, derrotado até por partidos racistas, num país que é 80% negro e só 9% branco.
Esta é uma das jóias da democracia:
O POVO É ENGANADO, MAS DÁ O TROCO.

P.S.2: Os jornais de hoje explicaram o roubo no hotel do time do Egito. Foi feito por prostitutas convidadas pelos jogadores. A imprensa da África do Sul foi inclemente e colocou em grande manchete de primeira página: PROSTITUTAS 5 X 0 EGITO.
É o famoso bateu, levou !!! Gostei !

segunda-feira, 22 de junho de 2009

MAIS ÁFRICA DO QUE DO SUL


Palácio Presidencial em Pretória, África do Sul.

A África do Sul está nas manchetes. Pela Copa da Confederação e pela Copa do Mundo de 2010. E ontem reassisti o filme ASSASSINATO EM CUSTÓDIA,1989, sobre a luta contra o preconceito lá.

A história poderia ser contada assim:
Era uma vez um país que era considerado a Suiça da África, mas tinha uma terrível ferida, chamada APARTHEID. Os pretos eram tratados como cidadãos de segunda classe e não podiam frequentar os lugares dos brancos. Então houve uma grande rebelião popular e os líderes da oposição, negros, assumiram o poder. Nelson Mandela foi o principal.
A história ainda não teve final feliz. 15 anos depois da eleição de Mandela, 5 anos como presidente, que depois elegeu outro negro, seu sucessor, Mbeki ( que junto com o seu Ministro da Saúde diziam que não havia AIDS no país e que as mortes eram por miséria), os pobres e os negros ficaram ainda mais pobres, mais doentes e mais mortos. O país é o primeiro lugar no mundo em crimes, o segundo em estupro (um dos passatempos nacionais é a gangue de jovens estuprando moças na rua. Uma repórter da Rede Globo foi pega num estacionamento de um grande shopping center). 1 de cada 3 grávidas tem HIV. 1 de cada 5 adultos, perfazendo 5 milhões de infectados. 1 de cada 4 habitantes vive com menos de 3 reais por dia.

E daí a tragédia contada no filme. Milhares de crianças e jovens deram à vida para derrubar uma ditadura criminosa e brutal. Esperavam esta maravilha chamada liberdade, mas também um pouco mais de farinha no prato. A esquerda prometeu, prometeu, e não cumpriu.
Antes tinham que passar fome calados.
Agora podem gritar. Alguma vantagem ?
Felizmente aqui no Brasil não foi assim. Existe melhor qualidade de vida para muitos, nesta década e meia de governos de esquerda. Só não dá prá entender porque Lula fica elogiando e defendendo pessoas como Jáder Barbalho, José Sarney, Renan Calheiros e Romero Jucá.

Brasão de armas da África do Sul.
Quem for assistir à Copa do Mundo faça seguro de vida.
Estará indo para o país de maior criminalidade do mundo.
Nem a FIFA, nem a Rede Globo podem enconfeitar este bolo.
Jornais de ontem já anunciavam : Seleção Brasileira é roubada em hotel, em Pretória. Ou seja, um lugar de alto nível de segurança. Imagina o resto.
A seleção do Egito também teve 5 quartos saqueados em Joahnesburgo.

Abaixo a capa da edição em inglês do filme ASSASSINATO EM CUSTÓDIA.
Neste fim de semana estava nas Americanas por 12 reais. Mas comprando 10 e usando o cartão das americanas (que foi o que eu fiz) saiu por 4.50 reais, cada.
Uma pechincha para um filme tão importante
e com dublagem em português, para quem preferir.
Trio de arrasar: Donald Sutherland, Susan Sarandon e Marlon Brando.

domingo, 21 de junho de 2009

nelson


Nelson Rodrigues - Páginas amarelas - 1969
Cronista e dramaturgo

Mas, na política, o que você é exatamente?

Eu sou um anticomunista. Conhecíamos o canalha, o mentiroso, o vampiro de Düsseldorf. Todos os pulhas de todos os tempos e de todos os idiomas, mas, ainda assim, homens. O comunismo inventou alguém que não é homem. Para o comunista, o que nós chamamos de dignidade é um preconceito burguês. Para o comunista, o pequeno-burguês é um idiota absoluto justamente porque tem escrúpulos.

Dos arquivos de VEJA. Link abaixo:

http://veja.abril.com.br/especiais/veja_40anos/p_080.html


PS: Dedicado à minha amiga Jacqueline Torres, militante e feroz defensora do Partido Comunista do Brasil. Certamente ela dará boas gargalhadas com a visão desnivelada e hilária do grande autor Nelson Rodrigues.

sábado, 20 de junho de 2009

CHRIS ROCK

O canal HBO-HD exibiu uma turnê que o comediante CHRIS ROCK fez ano passado por 9 países do mundo, chamada MATE O MENSAGEIRO.
Só um grande artista como ele, consegue, sózinho em cima do palco de um grande ginásio, sem nenhum artíficio, prender a atenção de um público (na maior parte negro) durante 1 hora e meia.
Sou fã incondicional de TODO MUNDO ODEIA CHRIS, que tem roteiro do ator. Também de alguns filmes, mas não todos. Um palco é situação diversa de um filme, e muito mais exigente, pois não tem divagações para prender o espectador.

O show é cheio de piadas politicamente corretas e incorretas. Sem dó, inclusive das muitas mulheres negras que estão assistindo. Também algumas partes de corar os mais envergonhados.

Algumas das piadas:
A primeira parte é sobre política:
1- Depois dos desastrosos 8 anos de W.Bush ninguém procura mais algum candidato com as características de "homem branco". É homem negro, mulher branca, zebra, girafa, qualquer coisa que não seja "homem branco" e repetir Bush.
2 - JOHN MACCAIN há 40 anos se apresenta como herói de guerra. Mas ele é um herói de guerra ... que foi capturado. Eu quero heróis de guerra que escaparam, e não os que foram capturados.
3 - JOHN MCCAIN tem 72 anos. Ele já era velho demais a 10 anos atrás.
4 - Se John McCain for eleito presidente, como ele vai poder planejar coisas para o futuro? Ele não estará no futuro.
5 - Aos 72 anos toda morte é natural. Mesmo se você atropelado por um caminhão é morte natural. Se você fosse jovem teria saído do meio e não teria sido atropelado.

Sobre os negros:
1- Um negro sabe que se chegar num lugar de mulheres brancas, tem grande chance de sair acompanhado. As negras sabem que isto é quase impossível para elas.
2 - Os negros gostam de brancas gordas. Se uma mulher branca for olhada na rua por vários negros, ela não precisa ter balança em casa. Já chega pensando: preciso começar minha dieta e voltar aos exercícios.
3 - As negras odeiam os negros ricos quando eles aparecem com mulheres brancas. Mas esta atração não aconteceu quando eles ficaram ricos. Aconteceu 10 anos antes.

Acaba o show com uma piada pouco recomendada em ambientes pudicos:
Existem 2 tipos de casamentos: os casamentos onde as mulheres se negam a engolir o sêmen dos maridos e os casamentos muito felizes.
Se passar no canal não HD vou gravar em DVD para emprestar.
Imperdível.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

VIAJAR !!!!

Yves Saint Laurent foi um gênio da moda.
Aos 21 anos assumiu o lugar de Christian Dior.
E aos 25 anos abriu sua própria maison.
Criou 8.000 vestidos, entre outras coisas.
Morreu ano passado aos 71 anos, de câncer no cérebro.
Era argelino, de origem francesa.
Teve inúmeras crises nervosas e em uma delas foi resgatado do manicômio por Pierre Bergé, (na foto acima) com quem formou um casal gay por mais de 45 anos. Bergé passou a administrar a carreira dele.
Está aqui por uma resposta de entrevista.

REVISTA VEJA: TODOS OS VESTIDOS QUE FAZEM PARTE DA ATUAL EXPOSIÇÃO TÊM INSPIRAÇÃO ESTRANGEIRA: ÁFRICA, ÍNDIA, ESPANHA. SAINT LAURENT GOSTAVA DE VIAJAR?
BERGÉ: NÃO, DETESTAVA. ELE PREFERIA FICAR EM CASA COM O CACHORRO, CERCADO DE QUADROS E BELOS OBJETOS. DEU A VOLTA AO MUNDO ATRAVÉS DE LIVROS E DA IMAGINAÇÃO. SUAS MELHORES VIAGENS FORAM NO SOFÁ, COM UM LIVRO.

EU: Muito tempo antes das tragédias com aviões sofisticados, eu também já tinha chegado à mesma conclusão. Sem querer ser crítico de quem o faz e sente prazer, viajar pelo mundo se tornou um grande estorvo. Num vôo de avião você deixou de ser tratado como realeza e passou a ser um vilão que quer entrar na cabine com excesso de bagagem, que quer derrubar o avião com meio litro de xampú e quer matar a tripulação com um cortador de unha.
Depois da grande mancada do 11 de setembro, que sequer teria acontecido se existisse uma ordem para não abrir a cabine do piloto do avião prá ninguém (todo mundo já sabia que Bin Laden preparava um atentado com aviões suicidas), os passageiros viraram malucos em potencial.
Da última viagem tive que tirar a roupa 4 vezes entre Recife e San Diego. E não era só por ser homem e ter cara de latino. Vi velhinhas louras, em cadeiras de rodas, fazendo o mesmo. Isto numa viagem que já é estressante por natureza, fica como um convite a que você não saia mais de casa.
É muito proveitoso o contato com mundos diversos, mas o turismo virou uma celebração dos álbuns do Orkut e não mais uma busca de descobrimentos.
A viagem do sofá, portanto, continuará sendo um "must", pelo menos para mim e Yves Saint Laurent.



Uma criação deslumbrante, como quase tudo, de YSL.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

BLU-RAY (BR) MORREU !!! VIVA

Quem matou Odete Roitmann ?
Não tenho a menor idéia, pois não assisto novelas, nem Rede Blobo, escrito assim mesmo.
Em minha casa a SKYHD que estou experimentando a 30 dias matou o BR.
É caro e a classe pobre e média não aderirá até que o preço baixe bastante. Pacote por 250 reais por mês. Mas, prá quem quer assistir o LCD com toda a qualidade é inúmeras vezes mais barato do que comprar filmes e shows em BR.
Se a SKYHDTV custasse 70 reais, tivesse 40 canais em alta definição, multiplicava as vendas de LCD por 20 e acabava de um só golpe com o Bluray e a pirataria. Ninguém gostaria de assistir, nem por 2 reais, um filme, tendo um HD com dezenas de filmes em alta definição prontos para serem vistos.

VANTAGENS :
1 - Prá começar, 10 canais em HD (alta definição). HBO, espn e sexzone (canal erótico hardcore com filmes como nunca vi antes, 24 horas por dia) e outros. Na Inglaterra a SKYHD já tem 30 canais e cobra 150 reais. O telecine brasileiro está anunciando para breve o seu canal em HD. Se reproduzir os canais normais, o Telecine, que pertence à Globo, tem uma programação muitas vezes melhor do que HBO.
2 - A qualidade da imagem é a mesma do BR. À exceção de canais como TNT-HD que passa filmes sem remasterização e a qualidade fica a mesma de um DVD original, numa tela de 46 LCD.
3 - Você recebe 2 receptores e pode conservar a Sky digital se já a tiver. Ou seja, 3 pontos, sem acréscimo de preço. Só um receptor de HD vem com disco de 500 gigas que pode gravar 100 horas em HD ou 400 horas normais. Gravar é só um clique. No primeiro dia cliquei em 30ROCK, o meu seriado predileto, e ponto final. Todo episódio novo ele reconhece e grava, sem que eu faça mais nada. Isto pode ser inconveniente em canais como GNT que não cumprem horário certo e as gravações podam o programa.
A programação é excepcional. Já assisti preciosidades como ROMA DE FELLINI e CORRER RISCOS, um filme de 2009 sobre um coronel do exército americano que acompanha o corpo de um soldado que morreu no Iraque, para ser entregue aos seus pais.
3 - No primeiro dia do mês você já tem a lista de toda a programação e já pode marcar tudo que você desejar gravar. Isto também pode ser feito pela internet.
4 - já estão aparecendo discos de 500 gb que podem ser acrescentados ao original, pela porta USB

DESVANTAGENS QUE podem ser corrigidas no futuro:
1 - ainda não existe como gravar em mídia virgem os filmes.
2 - O segundo receptor que faz parte do pacote não tem disco rígido e não acessa os canais de alta definição. Que pena !!!

Espero que logo, logo, já possamos também acessar pelo satélite um conexão de internet que comparada às atuais, será um foguete diante de uma carroça. Em termos práticos, 100-300 mb, que daria prá baixar um DVD original em 3 ou 4 minutos.
O futuro está aqui.
Pode se arriscar. O blog aprovou com louvor... e as pequenas restrições referidas.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

O BLU-RAY ESTÁ MORTO !!! VIVA....

" O REI ESTÁ MORTO ! VIVA O REI !" é uma saudação que se usa em vários países para saudar um novo monarca.
É uma ousadia deste blog decretar a morte do BR (Blu-ray), quando a antenada revista Info Exame acabou de saudá-lo com um artigo de capa, louvando a chegada do BR na sala da classe média, 3 anos depois da sua chegada nas salas mais abonadas.
Isto é verdadeiro quanto aos drives para computador e players.
Na parte dos computadores, imagino que é só marketing. Não conheço ninguém que assista bluray em computador. É desconfortável assistir um filme de 2 horas com a posição que se fica no computador e suas pernas ou peito vão queimar se você assistir num notebook.
Restam os players de mesa que, decididamente, caíram - e muito - de preço.
Qualquer pessoa de classe média já pode ter um player de mil reais, dando um excelente aproveitamento ao seu TV de LCD.

O PROBLEMA SÃO OS FILMES.

Não existem filmes piratas, pois as mídias virgens são quase do preço das gravadas.
E os filmes vão de 60 a 200 reais. Algumas caixas como o seriado Band of Brothers chegando perto dos 400 reais.
A classe média acostumada a DVDS de 9.90 reais nos feirões das Americanas não vai comprar mais do que 3 discos por ano e a indústria não pode viver sem massificação. E mesmos os abonados estão vendo que não vale à pena investir tanto dinheiro para uma mídia.

E então chegou o algoz que vai dar um tiro de misericórdia no Bluray, se quiser e quando quiser. Como a Globo fez suspense sobre quem matou Odete Roitmann, não vejo problema em deixar para a parte final de amanhã, sobre:
QUEM MATOU O BLU-RAY?
NÃO PERCAM.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Estrutura de poder no Irã


Gaste alguns minutos de seu precioso tempo e tente entender a estrutura de poder no IRÃ.

Deve ser o sonho de democracia de algumas cabeças coroadas, tanto do PT como do PSDB e PMDB. Prá que povo entendendo estrutura de poder? Para eles, o poder foi feito para encher os cofres próprios e do partido, e não para ser entendido.

Já imaginou JOSÉ DIRCEU sendo o Chefe do Conselho do Discernimento ? O mapa foi copiado do Estadão ou Folha.


Não houve maneira de reduzir a figura da Folha para caber aqui. Clique no link abaixo se quiser ver o gráfico correto. Minhas desculpas.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

AIR FRANCE 447

Tenente-brigadeiro Ramon Cardoso.

São 2 assuntos que eu não pretendia neste blog. Mas, respeito os meus sentimentos de ter alguma coisa a dizer, e desfaço propósitos não cumpridos.

A queda do AF447 é uma tragédia ímpar, dolorosa e inexplicável. Tudo isto transformado em hipérbole pela mídia e pela classe social e econômica das pessoas atingidas.
Seria, infelizmente, uma nota de pé de página um barco afundando nos confins do Amazonas e matando o mesmo tanto de passageiros.
A dor dos familiares provoca muitas reações tresloucadas, que são compreensíveis, mas não devem ser alimentadas.
Não faz qualquer sentido parentes virem do Rio de Janeiro tentar ver corpos decompostos e estraçalhados "para tentarem reconhecer as vítimas". Também não vejo porque as equipes de salvamento devam permanecer durante 1 ano no local, com grande custo financeiro,risco de vida,etc, só porque alguém acha que um corpo ainda pode boiar daqui a 1 ano. Fará alguma diferença para um corpo que vagueia pelo mar há 15 dias, com chuva, sol e peixes famintos, ser enterrado na terra ou na água ? Se eu fosse a vítima não faria qualquer diferença. Me deixa lá no mar.

PS: Uma correção feita hoje, do número de corpos encontrados, de 50 para 49, mostra a situação. Os corpos estão tão degradados que a carcaça de um animal marinho foi confundida com um dos corpos do avião.

Não pretendia falar mais neste blog deste desastre pavoroso.
Também nunca pensei fazer aqui uma matéria elogiando a lição de civilidade e profissionalismo dos militares brasileiros. O Brasil tem engasgado a resistência dos militares de hoje a abrirem os arquivos dos porões da ditadura, explicando aos familiares dos mortos o que aconteceu e onde estão seus restos mortais. Isto é um dever da HISTÓRIA. Não há como esconder isto. Só fica doendo por mais décadas. A esquerda também teme pela sua abertura. Alguns heróis de hoje podem ser desmascarados como dedos duros daquela época.
Os mesmos militares que agora se desdobram numa bela lição de solidariedade e competência, buscando os corpos do acidente, não têm interesse em explicar a dor dos mortos da década de 70 e 80. Por que? O puro corporativismo não explica. Na Argentina, Chile e todos os outros países em situações semelhantes, as novas gerações militares não assumiram os pecados da anterior, nem reconheceram uma anistia plena, que incluiu torturas e assassinatos e deixou a porta aberta da história para os golpistas do futuro: é só promulgar uma anistia ao final da situação e tudo está resolvido.
Então, prá resumir, grande louvor aos militares brasileiros que estão dando uma lição ao Brasil, no seu profissionalismo -personificado inteiramente no Tenente Brigadeiro Ramon Cardoso e no oficial da Marinha que o acompanha nas entrevistas.
Estão mostrando aos políticos midiáticos como se conduz uma situação tão triste como esta do AF447. Parabéns a todos. Quando terminarem o trabalho, voltem para os quartéis e façam o que a história espera que façam, e não os perdoará se não fizerem: entreguem, pelo menos na memória, aqueles que não honraram as armas e aproveitaram para matar, torturar e enriquecer ilegalmente, nos tempos da ditadura brasileira.
Os políticos brasileiros de esquerda, já se sabe, não estão interessados neste assunto.

domingo, 14 de junho de 2009

SONHO E MÁ EDUCAÇÃO

Sigmund Freud, um dos gênios da humanidade.

Não imagino, pois não assisto, se alguma novela da Rede Globo, abordou este assunto ultimamente. Ela é a mídia brasileira que dita costumes, modas e trejeitos. Mas, em poucas semanas, vi pessoas de diferentes níveis culturais e em variadas situações contando sonhos.
Em geral são sonhos desagradáveis, tipo sequestros, incêndios, assaltos, e assuntos que povoam e apavoram a classe média e pobre, que não conseguiu se interessar por coisas mais elevadas do que programas de Ratinho e Datena.

ISTO É UMA ENORME FALTA DE EDUCAÇÃO.

A não ser que você ache que reencarnou ao mesmo tempo o Faraó e JOSÉ, o filho preferido de Jacó, que foi agraciado por Deus com o dom de decifrar sonhos, antecipando os 7 anos de vacas magras e de vacas gordas do Egito, no sonho do Faraó, não ouse.

Há exatos 109 anos, um judeu vienense genial, chamado SIGMUND FREUD, matou a charada de uma vez por todas :
O SONHO É A REALIZAÇÃO DE UM DESEJO.
Ou seja, sem nenhuma maldade de sua parte, quando você diz a uma pessoa que sonhou com ela caindo de um avião, você está dizendo que, no seu inconsciente, você desejou que ela caia de um avião.
O seu sonho, a não ser que você seja o Faraó do Egito, não está se referindo a outra pessoa, mas a você próprio, ao seu desejo de que aquele fato aconteça.
É por isto que os sonhos são extremamente bem recebidos nas sessões de psicanálise, para descobrir os problemas mentais de quem os sonhou, e não para adivinhar o que acontecerá com outra pessoa.

CONCLUSÃO : Só conte os seus sonhos ao seu psiquiatra. Eles mostram o que de mais íntimo existe em você. E é também tremenda falta de educação trazer preocupações às outras pessoas com suas neuroses.
Lembro pouco dos meus próprios sonhos. Mas sei que basta adiar o jantar em 2 horas e ir dormir sem fazer a digestão, que passo a noite tendo pesadelos. Se eu fosse contar às pessoas que me aparecem nestes pesadelos o que aconteceu, tinha que ser no Twitter, esta nova bobagem da internet que faz Obama mandar uma mensagem para milhões de pessoas ao mesmo tempo. 24 horas seria pouco para escrever emails com os assuntos dos meus pesadelos pós jantar fora de hora.

sábado, 13 de junho de 2009

Ética...

... mundo à fora.


2 situações mostraram como podem ser diversas as culturas do mundo, até quando se trata da morte.
Fiquei boquiaberto de saber que causou polêmica na França a divulgação dos nomes e fotos de 9 funcionários de uma empresa de eletricidade que estavam no vôo da Air France.
Nenhum jornal francês publicou sequer os nomes das vítimas, e isto só pode ser feito com autorização da família. A dor, para os franceses, é tratada em particular e em silêncio. Ninguém chora alto, ninguém grita e todos se recolhem.

Enquanto isto, na Tailândia, um dos maiores jornais locais o THAIH RATH publicou sem pruridos uma foto de celular, supostamente feita por um policial, da cena de morte do ator DAVID CARRADINE, 72 anos, o Bill do filme KILL BILL.
O ator morreu, provavelmente, em um jogo erótico masturbatório, com uma corda no pescoço e outra no pênis. Poucos anos atrás um conhecido político inglês morreu da mesma maneira.
Não vou detalhar este jogo erótico, pois não quero correr o risco de perder algum dos meus poucos leitores. ah ah ah ah

Isto mostra as diferenças da ética no mundo.
Muitos blogues e jornais sérios fizeram matéria queixosa sobre a publicação, mas quase nenhum se poupou de reproduzir a foto. Vou acompanhar estes supostos arautos da moralidade e também colocar a foto aqui. A imprensa sabe que escândalo vende jornal.

EM TEMPO. A foto era falsa e não resiste à menor análise. Trata-se de um homem de pele escura, de não mais de 40 anos, morto dentro de um guarda-roupa, num hotel que não passa de uma espelunca, e não a suíte de luxo do glamoroso Swissotel Nai Lert Park, um dos melhores de Bangcoc, onde Carradine estava hospedado e morreu.


sexta-feira, 12 de junho de 2009

Mapa das religiões

Interessante e instrutivo o site abaixo.
No mar de novidades e blogues inúteis que povoam a internet, às vezes aparecem coisas criativas e didáticas como esta.
O link abaixo se refere às religiões.
Clique em play e uma animação sem som mostrará o surgimento e a expansão das principais religiões do mundo.
Só precisa saber o Beabá de inglês para entender.
Clicando na palavra da parte superior "maps od war", volta à pagina inicial e lá tem outros mapas muito interessantes, como o da democracia.
Das bobagens que tenho visto na Net, esta foi uma das melhores.

Clique neste link, não no mapa.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

HIV em Washington.D.C.



3 por cento da população de Washington, capital dos Estados Unidos, tem HIV ou AIDS

Uma publicação das autoridades oficiais de saúde de Washington, Distrito de Colúmbia, capital dos Estados Unidos, mostrou que em 2008, a incidência de HIV e AIDS está crescendo em todos os segmentos e já atinge 1 de cada 30 pessoas.

1 em cada 10 residentes entre 40-49 anos tem o vírus. 

1 em cada 15 negros.

EU : Era de se imaginar que a população da capital do país mais rico do mundo tivesse um tremendo sistema de saúde, para prevenção e tratamento. Não é o que se vê com estes dados acima. Michael Moore estava certo no filme SICKO. A condição pública de saúde nos EUA é catastrófica. Aqui no Brasil nós todos reclamamos muito - e com razão - da péssima assistência do SUS. Nos Estados Unidos se você for pobre, sem emprego e plano de saúde, nem adianta você aportar em alguma emergência de hospital. Eles tratam o sintoma e lhe mandam morrer em casa. A saúde pública não existe. ESPEREMOS QUE ISTO AGORA MUDE, COM OBAMA. Hillary Clinton tentou melhorar a saúde pública, quando seu marido Bill era o presidente, mas foi massacrada pela indústria médica americana. O lucro que podem ter com uma saúde pública é pequeno, diante do que têm com o sistema privatizado atual. Ponto para o Brasil, e também para o eficaz programa de tratamento de HIV que temos. 

P.S.: Semana passada fiquei orgulhoso do Brasil, quando vi o enorme decréscimo que a mortalidade infantil tem tido nos últimos anos. O sistema de PSF (Programa de Saúde Familiar) quando aperfeiçoado e filtrado dos faz-de-conta que povoa a cultura brasileira, será um exemplo a ser imitado pelo mundo. Claro que não foi criado aqui. Veio de Cuba e de outros países. PSF + Bolsa família podem acabar com a mortalidade pela fome, apesar de filmes como GARAPA mostrarem que o programa está longe de atingir todos os mais necessitados.