sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Memória



Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão.

Carlos Drummond de Andrade


quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Callas




EU: Callas em uma das suas últimas apresentações, em Tóquio.
A voz despedaçada pelo tempo e pelos maus tratos.
Apenas um fiapo da grandeza da sua voz.
Ainda assim, uma artista única.

Ária O MIO BABBINO CARO, da ópera Gianni Schicchi, de Puccini.


quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Pacientes de cirurgia plástica ignoram anestesia.

Pacientes de cirurgia plástica se preocupam com preço e com o médico e nunca com a anestesia. O cirurgião faz o paciente sair da sala mais bonito, MAS É O ANESTESISTA QUE FAZ ELE SAIR VIVO. Um minuto sem oxigênio pode significar a morte.

Para diminuir preço da cirurgia se descartou a consulta com o anestesista. Se não há consulta prévia os anestésicos são aplicados pela média, o que nem sempre é o ideal.

Outra maneira de baratear a cirurgia é fazer com anestesia não geral. Às vezes isto é insuficiente.

Natale Gontijo, cirurgiã assistente da equipe de Ivo Pitanguy, usa a local para cirurgias de pequeno porte, com menos de uma hora de duração. "Mesmo assim, deve ter um anestesista na sala."

NENHUM PROCEDIMENDO CIRÚRGICO DEVERIA SER FEITO FORA DE HOSPITAL, com todo material para ressuscitação e outras intercorrências.


terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Amargo Pesadelo, 1972.


Filme de John Boorman que já assisti dezenas de vezes, impressionado pela fábula de horror que mostra o choque da inocência com a maldade brutal e a nossa reação a isto.

História de 4 amigos de Atlanta, Geórgia, EUA, que decidem gastar uns feriados descendo corredeiras que desaparecerão com a construção de uma nova represa.
No meio do caminho ... tinha 2 montanheses.

A cena mais famosa do filme é este duelo de banjo.
Num email recente alguém me diz que esta cena não estava planejada e o menino é um autista morador da região.
Meia verdade.
Isto acontece no livro, mas no filme o garoto albino é o ator Billy Redden, com muita maquiagem.
E aí a internet, e seus emails, a reinventar o mundo!!!

Filme totalmente recomendável.
Evitar versões com cortes de dramáticas cenas, como o estupro de um dos amigos, mas que estão integradas no conceito do filme e no desassossego que nos desperta... e nas perguntas inquietantes que nos faz.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Brasil da decepção: internet e entregas.




O Jornal da Globo fez uma reportagem sobre o comércio americano de fim de ano... e matou todos os consumidores brasileiros de inveja.
A cidadania nacional é primitiva.
Quando uma rua de minha cidade é incluída no sistema de esgoto, a população fica tão agradecida que coloca faixas e se torna eleitora eterna do político que "conseguiu"aquela façanha. Ninguém associa aquela obrigação do Estado com os bilhões de impostos que pagamos.
No inconsciente aquilo não deixa de ser um FAVOR.

O repórter da Globo faz uma compra de almoço pronto numa loja da internet que fica a mais de 2 mil quilômetros de Nova Iorque, onde ele está.
O isopor com gelo sai no mesmo dia e 2 dias depois, conforme o combinado, ele recebe o seu almoço daquele dia no trabalho.

Isto tudo pelo correio nacional.
O correio brasileiro é um dos mais caros do mundo (o frete de um livro de mesmo peso é 3 vezes maior do Paraná para Pernambuco do que da França para Pernambuco e, às vezes, o da França chega primeiro).
O incentivo para deixar de fazer compras pela internet no Brasil, é imenso.
Você não sabe se recebe e nem quando recebe.
Compras de outros países podem demorar 3 ou 4 meses, nos diversos gargalos do sistema.
Têm toda razão certos vendedores do site EBAY que avisam de chofre: não despachamos para Afeganistão, Iraque, Botswana e Brazil !!!!

Quando vamos ter um país que incentive o comércio mais do que Bolsas Família,etc, se o país pudesse produzir sem tantos impostos e tanta ineficiência?
Imagino que nunca.

Poderia adaptar uma frase de um economista:
"Deus gosta muito dos pobres.
Por isto criou tantos deles."

Diria:
"Os políticos brasileiros gostam muito dos pobres.
Por isto que fazem tanto esforço para que eles nunca deixem de ser pobres."

O crescimento global do Brasil e do seu povo nunca foi prioridade de nenhum governo.

Para o botequim da esquina uma carga insuportável de burocracia e imposto. Para os bilionários negócios de Eike Batista, o banco do povo brasileiro, o BNDES, empresta dinheiro em condições de pai para filho.
Que graça !!!




domingo, 26 de dezembro de 2010

E daí?




Tenho nos olhos quimeras
Com brilho de trinta velas
Do sexo pulam sementes
Explodindo locomotivas
Tenho os intestinos roucos
Num rosário de lombrigas
Os meus músculos são poucos
Pra essa rede de intrigas
Meus gritos afro-latidos
Implodem, rasgam, esganam
E nos meus dedos dormidos
A lua das unhas ganem
E daí?

Meu sangue de mangue sujo
Sobe a custo, a contragosto
E tudo aquilo que fujo
Tirou prêmio, aval e posto
Entre hinos e chicanas
Entre dentes, entre dedos
No meio destas bananas
Os meus ódios e os meus medos
E daí?

Iguarias na baixela
Vinhos finos nesse odre
E nessa dor que me pela
Só meu ódio não é podre
Tenho séculos de espera
Nas contas das minhas costelas
Tenho nos olhos quimeras
Com brilho de trinta velas
E daí?

Milton Nascimento e Ruy Guerra


sábado, 25 de dezembro de 2010














sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Kyrie, de Ary dos Santos





Em nome dos que choram, dos que sofrem
E de noite se amarram à revolta
Em nome dos que vivem e que morrem
Com grades e prisões à sua volta

Em nome dos que sonham com palavras
De amor e paz que nunca foram ditas
Em nome dessas mãos que foram escravas
E hoje são apenas mãos aflitas

Em nome dos que pedem em segredo
A esmola que os humilha e os destrói
E devoram as lágrimas e o medo
Quando na solidão a fome dói

Em nome dos que achaste mas perdeste
Do louco, do mendigo, do imundo
Em nome dos teus filhos que esqueceste...
Filho de Deus que nunca mais nasceste
Volta outra vez ao mundo!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

José Júnior, do Afro Reggae




Depois da deprimente campanha eleitoral brasileira, foi como se abrisse a PORTA DA ESPERANÇA, ver em 3 programas quase consecutivos do Roda Viva, as presenças de Luiz Eduardo Soares, Roberto Freire e José Júnior do Afro Reggae, semana passada.

Um equilibrista digno dos campeões do Cirque du Soleil.
Sobreviver no meio do fogo cruzado dos traficantes das favelas cariocas e da polícia carioca é um feito e tanto.

Dominou o programa por inteiro, com clareza e charme.
Quase caí de costa quando um potentoso repórter perguntou aonde estavam os traficantes que fugiram do Complexo do Alemão.
Foi uma das perguntas ingênuas dos intelectuais presentes.

Fiquei encantado com os projetos que ele falou.
Estão todos no site do grupo, que tem um link abaixo.

Fui assistir o programa CONEXÕES URBANAS, que ele apresenta no Multishow, e gostei ainda mais. Era um especial sobre o professor TIÃO ROCHA, que criou um projeto de educação popular chamado
RODA, em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais.

Voltei a acreditar que algum dia (provavelmente daqui a 500 anos) a sociedade civil brasileira retomará o poder que vem do povo, e que foi usurpado pela vergonhosa classe política brasileira.
Não formaremos um governo comunista, nem socialista, e menos ainda sindicalista, seremos um país digno e INTEIRO, que é disto que estamos precisando.


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Piada natalina




Juiz :
- Do que o senhor é acusado?
- De fazer as compras de Natal antes do tempo.

- Mas isso não é crime !!!
Com que antecedência você fazia as suas compras?
- Antes da loja abrir…!?!?!?!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

PC Siqueira





EU: A internet é uma maravilhosa caixinha de surpresas.
PC SIQUEIRA é um VLOGUEIRO,
que significa um blogueiro em vídeo.
Tem dezenas de vídeos dele no You Tube.
Gostei demais !!!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Arreda 3D !!!




Muito corajoso o artigo na VEJA da semana passada, do mais prolífico crítico cinematográfico da história, Roger Ebert.
O título não deixa dúvida:
"POR QUE EU ODEIO O 3D (e você também deveria odiar)."

Entendo que a indústria esteja inconformada com Blu Ray Player chegando em 400 reais e LCDs e LED abaixo de 1000 reais.
Por que não fazê-los multiplicar o preço por 3 ou 4?
Então "inventaram" o 3D pela enésima vez.

3D é uma bela viagem na tela de um cinema IMAX com 180 gráus,
num filme sobre os ursos do Alasca ou a NASA.
Talvez um desenho animado ou um Avatar da vida num cinema comum.
Agora, querer colocar 3D em notebooks, celulares e tampa de banheiro... é apelação.

No estágio atual de tecnologia, o que a maior parte das pessoas sentirão com 3D é enjôo e dor de cabeça.
Um vexame !!!

Parece coisa tão estúpida como quando Hollywood decidiu colorizar todos os filmes clássicos para agradar a parcela imbecilóide do público americano que não suporta filmes preto e branco e legendados.
Felizmente a idéia maléfica durou poucos meses.

A maior parte das coisas da vida não precisa sequer de 2 dimensões, quanto mais de 3.
Um bom livro de Guimarães Rosa ou Proust, não acrescenta um grama de importância se alguém lançar em 4 dimensões.
99% dos fatos da vida só necessita de 1 dimensão, esta sim, essencial:
a dimensão da reflexão, do envolvimento e do entender.
Esta é a grande prejudicada nesta nossa Era de Distrações.
Um cérebro que só necessita 10 milhões de estímulos por segundo, agora tem 100 milhões. E a vida tomou a profundidade de um copo de água, até nos sentimentos. Que pena!!!

Arreda, 3 D !!!


domingo, 19 de dezembro de 2010

Central de Leitos




Carta minha no JC de ontem:

"A Secretaria de Saúde de Pernambuco, com a melhor das intenções e o pior dos resultados, criou a Central de Leitos.
Médicos do interior não podem mais encaminhar pacientes para fora da cidade se não pegar uma senha nesta Central de Leitos.
No início até funcionou.
Agora é o terror de todos os médicos.

Não se gasta menos de 1 hora para falar com alguém.
Nesta sexta-feira telefonei sem parar de 7 às 9,30 horas e uma mensagem dizia que todas as linhas estavam ocupadas e telefonasse em minutos.
Duas horas e meia depois consegui falar com alguém informando que o sistema estava inoperante.
Quantas pessoas morreram neste tempo de espera?
Difícil saber."

P.S.: Central de Leitos é um instrumento moderno e essencial. Daquelas coisas que você fica se perguntando "Como pude viver sem isto, até agora?".
Quando entram burocracia e atropelo, característicos de quase tudo onde o poder público põe a mão, vira um suplício para quem o necessitar.
A solução não é mudar, nem acabar.
A solução é fazer funcionar bem.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Iraque: seus heróis.



Uma história comovente apareceu ontem no NYT.
Um soldado iraquiano, de uma polícia tida pela população como brutal, corrupta e incompetente, suspeita, 3 dias atrás, de um homem que se aproxima de uma procissão religiosa.
Ele tem as mãos nos bolsos.
O soldado pede para examiná-lo.
Ele se nega.

Bilal Ali Muhammad, 31 anos, tem 1 segundo para decidir se corre e permanece vivo para continuar a ajudar sua mãe viúva e suas irmãs pequenas, ou se atraca com o homem bomba.

A bondade humana,
que habita todos os corações,
faz a atormentada escolha.

Ele se agarra com o terrorista.
A bomba explode matando os 2 e mais 2 pessoas.
Uma fração das dezenas de mortos,
se o criminoso fosse mais adiante,
no meio da multidão.

Uma bela história real.
Uma história de Natal.
De mais alguém que, como ELE,
preferiu esquecer sua própria história
e doar a vida por desconhecidos,
mas também humanos.


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Amarildo + Neo








quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Madoff, ambição e loucura.


Bernard Madoff, financista novaiorquino, 72 anos, voltou às manchetes nos últimos dias, por distintas razões.
Está preso há 2 anos, com uma pena mínima de 129 anos de cadeia, sem possibilidade de condicional.
Durante anos executou a Pirâmide de Ponzi, um esquema financeiro fraudulento, em que dinheiro de investidores vai sendo usado para pagar outros clientes, enquanto o principal vai desaparecendo numa malha de roubo e consumo próprio.

Como tinha muitos amigos na comunidade judaica de NYC enganou gente como a Fundação Spielberg e Elie Wiesel.
Estima-se um rombo de 65 bilhões de dólares, dos quais apenas 1.5 bilhão foi recuperado até agora.

1 - o filho mais velho, de 46 anos, se enforcou em seu apartamento de NYC, no dia que completava 2 anos da prisão do pai. Talvez não quizesse deixar dúvida sobre o responsável pelo seus dissabores.

2 - mais um leilão foi realizado de coisas pessoais. Em um dos anteriores, Madoff ficou aborrecido pois um dos seus mais de 40 relógios Rolex foi arrematado por apenas 900 dólares, quando tinham garantido a ele que valia mais de 200 mil.

3 - neste último leilão de 490 lotes, um par de pantufas (sapatos para usar em casa) de veludo negro italiano, com suas iniciais bordadas em fios de ouro e inacreditáveis 250 pares de sapatos de gripe, nunca usados!!!

Uma pessoa roubar um quilo de feijão num supermercado para alimentar sua família faminta, dá prá entender, mas roubar prá deixar 250 pares de sapatos de grife na sapateira, é loucura demais!!!

A Piauí, de onde foi tirado parte desta matéria, compara a condenação mínima de 129 anos do rico investidor, que nunca poderá sair da cadeia, com a do médico brasileiro Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos por abusar de pacientes mas... que recorre em liberdade.

De tudo, refaço antigas conclusões:
1 - se criminoso fosse inteligente não seria criminoso.
2 - se fossem inteligentes viriam fazer os crimes no Brasil ou fugiriam para cá logo depois, como fez Battisti, que matou 4 inocentes na Itália e aqui virou refugiado político.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Ivete Sangalo no MSG.




Já nas lojas o show de maior produção de um artista brasileiro.

A apresentação de IVETE SANGALO no ginásio do MADISON SQUARE GARDEN, em Nova Iorque no 4 de setembro deste ano já entrou na história.

Como era de se esperar, não tem nada de novo:
- Ivete está bem acima do peso.
- ela usa um figurino de vídeo game: colantes pretos de plásticos, salto alto plataforma incompatíveis com um palco acrobático,etc,etc.
- as músicas são as mesmas de sempre.

Tem muita diferença encher o Estádio da Fonte Nova, em Salvador, como ela já fez, e encher o MSG em Nova Iorque.
Não imagino se outro artista brasileiro conseguiria isto.
A produção é impecável.
O show é eletrizante, como tudo que ela faz,
até prá quem não gosta de axé música, feito eu.

Os convidados especiais são de primeira linha:
Seu Jorge com visual de executivo,
Juanes, Nelly Furtado e Diego Flores.
Os dançarinos fazem um belo visual e são estonteantes.
Os músicos, idem.

Pena que só saiu CD e DVD.
Cadê o Blu ray?
Depois de assistir no Multishow HD,
a última coisa que faria seria reassistir na pior qualidade do DVD.
Vou aguardar o Blu ray.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Guernica



Guernica é uma pintura monumental de 3.5 por 8 metros.
Feita por Pablo Picasso em 1937, baseado em notícias de jornais sobre o bombardeio da vila espanhola do mesmo nome, pela aviação alemã, Luftwaffe.

Conta a lenda que, na Paris ocupada, um oficial alemão,
diante do quadro, perguntou a Picasso:

- Quem fez isto?

E ele, de chofre:

- FORAM VOCÊS!!!

P.S.: Só para ser honesto com a História, em 1973 o historiador Jeffrey Hart publicou um substancioso estudo provando que o bombardeio de Guernica nunca existiu.
Ninguém apareceu para desmentí-lo.

Evidente que o quadro não perde nada de sua força.
Picasso não queria retratar um fato,
mas a estupidez de todas as guerras,
e a barbárie das injustiças.

P.S.2 = na década de 70 tentei ver este quadro que durante dezenas de anos ficou no MOMA de Nova Iorque, com ordens de Picasso de só retornar à Espanha quando acabasse o sanguinário reinado de Franco.
Mas a exposição especial dele estava lotada todo o tempo.
Agora está em Madrid,
no Museu Rainha Sofia.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Raimundo Carrero... e seu AVC.



Existem muitas variações à frase atribuída a Joseph Goebbels, uma das figuras centrais do nazismo alemão.
"Quando ouço a palavra cultura, tenho vontade de puxar o revólver."

Toda a finalidade da cultura, na minha opinião, é refinar a visão e o sentimento do ser humano. A forma como ele pode ver e vivenciar suas experiências.

Num contraste:

1 - o site "modelmayhem" é o lugar de currículos e encontro de milhares dos grandes modelos e fotógrafos do mundo.
As imagens humanas são algumas das mais belas já vistas.
O que me assusta é a pobreza de palavras.
90% das anotações feitas nas fotos se resume a 2 expressões:
"Impactante.
Muito boa pose."
E isto é tudo!!!

2 - Em contraponto, reproduzo abaixo o texto de Raimundo Carrero, um dos maiores escritores pernambucanos da atualidade, numa fabulosa entrevista a Schneider Carpeggiani, no Jornal do Commercio de Recife.
Vejam a beleza do texto, a recontar o AVC que teve poucas semanas atrás.

"Dormi tranquilamente. Sem dor de cabeça. Sem mal estar. Sem pesadelo. Não havia precisado de uísque ou de cerveja nem de comidas gordurosas. Acordei e percebi a noite comandando o mundo. Tentei me levantar umas duas vezes. Numa delas caí por cima de minha mulher.
Ela perguntou o que eu tinha: eu disse nada.
Ela disse: Carrero, você está tendo um AVC.
A banda não tocou.
O galo não cantou.
O mundo não mudou.
Eu estava morrendo.
Compreendi então as terríveis palavras de Fernando Pessoa:
A REALIDADE NÃO PRECISA DE MIM...

Havia muita gente na entrada do hospital.
Encontrei o meu amigo Lula Arraes, que confirmou o diagnóstico de minha mulher:
"Carrero, você está tendo um AVC."
Entre e aquele povo todo a minha volta e eu perguntei:
"Meu Deus, de onde vem tanta gente a esta hora?"
E me disseram: "Não seja grosseiro.
Este pessoal veio lhe ver,
veio pedir a Deus por você.".
Mas como eles sabem?
As rádios todas estão dando.

Entrei num hospital numa maca e fiquei rodando...
Me encaminharam para a UTI e era um lugar infernal:
muito barulho, muita gente falando.
Aquelas pessoas todas pareciam espectros."

Por descrições como estas é que penso:
Quando ouço a palavra Cultura,
tenho vontade de puxar ... uma flor.
E agradecer por repartir, com tanto
significado, uma experiência tão humana.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Ninguém sabe os problemas que tenho visto

Nobody knows the trouble I've seen
Nobody knows but Jesus*
Nobody knows the trouble I've seen
Glory hallelujah!
Sometimes I'm up, sometimes I'm down
Oh, yes, Lord
Sometimes I'm almost to the ground
Oh, yes, Lord
Although you see me going 'long so
Oh, yes, Lord
I have my trials here below
Oh, yes, Lord
If you get there before I do
Oh, yes, Lord
Tell all-a my friends I'm coming too
Oh, yes, Lord

P.S.: música "spiritual", que foi primeiro popularizada por Louis Armstrong.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Thomas Merton, o Homem.



Arredores de Bancoc, Tailândia. 10 de dezembro de 1968. Um monge trapista cistercience americano encerrou sua extraordinária palestra para outros monges, chamada MARXISMO E PERSPECTIVAS MONÁSTICAS.

No final, com seu sorriso encantador de quem à maneira ocidental tinha chegado na Iluminação, no Sâmadi, ele diz uma frase profética:

"AQUI EU DESAPARECEREI".
"Here I will disappear."

Almoça e vai para o quarto fazer a sesta.
Um banho de chuveiro para espantar o calor tórrido do sudeste asiático.
Volta ao centro do quarto.
Um ventilador ligado...
um fio desencapado.
Um choque...
o ventilador cai em cima de seu peito.
E é assim que é encontrado, morto,
minutos depois.

Um Homem de Deus,
em toda sua representação.