segunda-feira, 31 de agosto de 2009

MM


A nova geração de cinéfilos brasileiros tem todos os instrumentos para fazer a justa leitura do mito MARILYN MONROE. Além das 2 caixas de DVDs, com 7 filmes cada, que já vi anunciadas até por 40 reais, a MGM não cansa de passar os filmes dela no seu canal de TV e nas sessões corujas dos canais abertos.

Só quem se guiou pela iconografia que a mídia criou: a coelhinha da capa da primeira Playboy ou a ninfomaníaca deprimida, pode ignorar o de mais importante.
Não dá prá não ficar pasmo, revendo OS DESAJUSTADOS ( The misfits ), 1961, que foi o último filme dela e de Clark Gable.

Quando ela teve a sorte de ter um diretor como John Huston ( ou Billy Wilder, em Quanto mais quente melhor ), um cast como Gable, Montgomery Clift e Elli Wallach, além do roteiro primoroso do marido, o dramaturgo ARTHUR MILLER, o resultado foi uma obra prima.
Todas as imagens glamorosas desaparecem quando se assiste um bom filme dela.
O que impressiona para sempre é sua atuação.
QUE GRANDE ATRIZ QUE ERA !!!

Não preste atenção aos guias de cinema que dizem que Os desajustados têm um ritmo lento. A história da dançarina de striptease e seus 3 amigos vaqueiros, todos apaixonados por ela, não poderia ser mais rodopiante. Mais da metade do filme todos estão de porre, daqueles porres de você não lembrar o que aconteceu na noite anterior.
Imperdível !!!

Gable teve muitos problemas para se adaptar aos atrasos e descontroles de MM. No dia que terminaram as filmagens, ele disse: "Graças a Deus, que terminou. Senão ela iria me matar de Infarto. " No dia seguinte ele teve um infarto maciço e morreu 10 dias depois. Coisas do destino.

Capa da edição americana do DVD de
OS DESAJUSTADOS.

domingo, 30 de agosto de 2009

Borges


" Não considero mais a felicidade
inatingível, como eu acreditava tempos atrás.
Agora sei que pode acontecer a qualquer momento,
mas nunca se deve procurá-la.

Quanto ao fracasso e à fama,
parecem-me totalmente irrelevantes e não me preocupam.
Agora o que procuro é a paz,
o prazer do pensamento e da amizade.

E, ainda que pareça demasiado ambicioso,
a sensação de amar e ser amado".

em Ensaio autobiográfico.

sábado, 29 de agosto de 2009

Perfil do Estado - editorial de O Globo.

Contundente editorial do jornal O GLOBO, de ontem.

Estes são os parágrafos finais (com pequena edição).

Para ler todo, tem um link no final.

" E foi pelas mãos do PT -como ocorreu na Petrobras- que o sindicato, por meio da nomeação de Lina Vieira, ampliou os espaços na Receita. Não deu certo, como se viu. A feitiçaria funcionou ao contrário. E ao afundar atirando, Lina e seu grupo expuseram a geografia de poder fragmentada existente na instituição.

O governo Lula teria decidido substituir o antecessor de Lina, Jorge Rachid, por considerá-lo "independente". Sintomaticamente, colocou em seu lugar uma representante da corporação, pela lógica petista, uma aliada.

Mas há outras lógicas no conflito entre grupos na Receita.

A crise na Receita desnuda o perfil do Estado brasileiro depois de seis anos e meio de liberdade total dada às corporações em Brasília: O CONTROLE DA MÁQUINA PÚBLICA É DIFUSO; ESTÁ SOB O JUGO DE FALANGES A SOLDO DA FISIOLOGIA, OU DE PROJETOS POLÍTICO-IDEOLÓGICOS, OU A SERVIÇO DE CORPORAÇÕES SINDICAIS.

É no que deu suspender a reforma e a modernização gerencial do Estado."

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

TNT EXPRESS BRASIL

Excluí deste blog as matérias sobre a TNT Express Brasil. O problema foi solucionado por eles da melhor maneira. Peço desculpas à TNT e aos leitores, por ter ocupado o tempo de ambos. Normalmente não sou uma pessoa belicosa. Dezenas de erros que já me ocorreram em compras, preferi relevar.
Os prejuízos eram pequenos, vi que não eram feitos com más intenções e, sobretudo, a minha energia vital é muito pouca. Mal dá para o trabalho, para subsistir e tocar a vida e para repartir com as pessoas as notas deste blogue.

As dúvidas que resolvi enfrentar, incluindo uma longa batalha com a Receita Federal sobre impostos cobrados a mais -e que me foram devolvidos, mostrando que eu estava certo- me arrependi de todas.
Não valeu à pena a adrenalina consumida para resolver este problema atual.
Vendo de hoje, não tenho dúvidas que teria deixado passar.
Mas, a Máquina do Tempo ainda não está disponível e não há como retroceder.

Obrigado pelos apoios e pela compreensão, sobretudo da TNT EXPRESS BRASIL.

2 + 2 = 4 ? Nem sempre.

Uma das coisas mais divertidas da vida é exercitar a inteligência e a reflexão e tentar descobrir o que existe por trás das notícias da mídia.

Os jornais noticiam a operação de fiscalização na Franziska Hubener. É a terceira investida contra a sonegação fiscal no comércio de alto luxo em São Paulo.
A primeira foi a Operação Narciso, em 2005, contra a Daslu.
Depois a Operação Porto Europa, contra Tânia Bulhões. E esta agora.

Nós da patuléia deliramos e uivamos de prazer. É a vingança contra a nossa impossibilidade de ter sequer uma réplica do Mercado Livre daquelas bolsas Dior arrasadoras de 15 mil reais.
Tânia Bulhões contratou (custo de milhões, certamente) o escritório de advogacia de Marcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justiça do Governo Lula. Dá prá imaginar qual será o resultado.

Um jornalista apressado fez as contas... e eu me apressei em refazê-las,
Números HIPOTÉTICOS: Daslu pagou 5 milhões de impostos e sonegou 10 milhões de reais. Daria prá fazer 20 casas populares, 10 escolas e 2 postos de saúde com os 5 milhões pagos.

EU: Se a Daslu pagasse todos os 15 milhões de impostos, o que daria prá ser feito?
NADA, NADA E NADA !!!
Se ela pagasse os 15 milhões de impostos ela não existiria como comércio, ninguém teria comprado nela 1 perfume sequer. O imposto pago teria sido ZERO.

A estrutura de impostos brasileira é suicida. Tenta se autoaniquilar. Se a Daslu pagasse todos os impostos, como eu sou obrigado (além de 60% de Imposto de Importação) a pagar 18% de ICMS (sobre o valor total, incluindo até os outros impostos, o que resulta, na prática, num ICMS de 30% sobre o valor do produto) ao Governo de São Paulo, apenas porque meu CD da Amazon.com passou 10 minutos no solo do Aeroporto de Guarulhos, quando o avião que o trouxe pousou lá... Se a Daslu pagasse tudo o que este monstro faminto obriga, ela não venderia 1 perfume. Ficaria mais barato pegar um avião para Paris e comprar lá. Concluindo: se a Daslu ou qualquer outra empresa de importação pagar todos os impostos, ela deixa de existir como empresa. Não dura 1 dia. Os preços terão que ser tão caros que ninguém comprará. Os 5 milhões de impostos pagos serão reduzidos à ZERO.

O país perde uma boa oportunidade de deixar de inventar nomes pretensamente inteligentes para operações fiscais e discutir esta loucura que são os impostos brasileiros.
Insanidade total !!!

P.S.: Sabia que até poucas semanas atrás, quando foi passada uma nova lei, era crime no Brasil pedir esmolas? Você tinha que passar fome caladinho... ou ir para prisão.

O suntuoso edifício da DASLU, São Paulo. Nosso sonho irrealizável de consumo. Quem manda termos nascido para patuléia?


quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Crueldade

Coitado do nosso cérebro humano. Além das milhares de questões visíveis e midiáticas do dia a dia que precisa manejar, existem as milhões de questões ocultas. A crueldade animal é uma delas. A sociedade brasileira ainda está no ponto de se indignar com o cachorro morto a cacetadas ou o cavalo que o condutor da carroça espanca, sem lembrar que é o seu ganha pão. As sociedades evoluidas estão um passo além, como mostra o documentário produzido pela HBO (corajosamente) e exibido pelo canal HBO "MORTE NUMA FÁBRICA DE FAZENDA", 80 minutos, 2009, diretor Tom Simon.

Com a ajuda de um adepto do grupo Associação das Fazendas Humanizadas (link do site no fim do texto) ele se emprega em uma grande fazenda de porcos, no estado americano de Ohio e começa a filmar a situação das 6000 fêmeas e 10000 bebês que lá vivem. A legislação é muito frouxa e não define o que é crueldade com animais criados para alimentação. A única saída é filmar a forma de matança das fêmeas doentes: enrola uma corrente no pescoço dela e suspende com uma empilhadeira, num enforcamento doloroso e prolongado. Levam o filme e a causa a um tribunal. As penalidades são pífias e leves... e nada muda.
Mas não deixa de ser um grito de alerta.

O porco é considerado o 4º animal mais inteligente. Só perde para o homem, primatas e golfinhos. Tem afetividade, mais do que os cachorros. Numa fazenda monstro destas não há lugar para uma morte menos brutal. Como também não se tem tempo a perder com animais mais doentes. Veterinários e remédios custam caro e emperram esta abusiva fábrica de produção.

Os animais de abate são abusados desde que nascem. As fêmeas grávidas são presas em gaiolas tão pequenas que têm que se jogar quando querem deitar, porque não dá prá deitar de lado.
Temos, como sociedade, que repensar os animais que matamos para nos alimentar. E como poderíamos fazê-lo com um mínimo de crueldade. São 10 BILHÕES de animais ao ano, que são mortos, só nos EUA, para alimentação.
Devemos avançar no nosso conceito de animais companheiros (cachorros,etc) e animais alimento (que também são seres vivos).

O documentário faz uma pergunta e não responde: por que apelar para artíficios, se a forma mais fácil de matar um leitão de poucas semanas que parece doente e não poderá virá comida, é pegá-lo pelos pés, bater a cabeça dele na parede e depois jogá-lo agonizante na lata de lixo?
Eu responderia com facilidade:

PORQUE NÓS SOMOS HUMANOS.
É ESTA CONSCIÊNCIA E ESTA COMPAIXÃO QUE NOS DIFERENCIOU DOS OUTROS ANIMAIS E NOS COLOCOU NO CENTRO DA CRIAÇÃO.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Notas


A Organização Mundial de Saúde publicou um alerta sobre a Gripe A1, especialmente o uso do Tamiflu quando houver uma piora entre o 5° e 6° dia da doença. O Ministério da Saúde recomenda que o uso do medicamento só adianta até 48 horas do início dos sintomas.
Alguma coisa não bate entre as 2 recomendações.

Instituto policial divulgou que 90% das notas de Dólar, 85% dos Dólares Canadenses e 80% das notas de Real têm contaminação por cocaína.
Não já seria a hora de perguntar por que o mundo gasta tantos bilhões de dólares na chamada "luta contra as drogas" se os resultados são tão pífios. Não seria melhor derivar todas as verbas para o tratamento dos viciados, já que a luta contra o tráfico já foi perdida nestes últimos 2 mil anos, e este alto índice de contaminação demonstra claramente isto?
Argentina ontem discriminalizou a maconha. Ninguém mais será preso por porte de pequena quantidade do produto.

O IMDB, que se intitula o maior site de cinema na internet, e alega ter 2 milhões de visitantes por dia, elegeu BATMAN, O CAVALEIRO DAS TREVAS, como o melhor filme deste milênio, além do mais rentável, ultrapassando 500 milhões de dólares.
Desde que vi a primeira vez, em DVD pirata da feira, fiquei impressionado. O filme foi subestimado no seu valor. É uma obra prima, que só melhorou quando passei a rever em Bluray. Prá quem, como eu, tem rótulo de "fã de cinema iraniano", foi um prazer estar de acordo com o gosto popular, pelo menos nesta ocasião.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

CHASKA


Patrícia Campos Mello é uma grande repórter de campo que mantém um blog dentro do jornal Estado de São Paulo. Esta foto foi tirada da matéria de que falo.
Ultimamente esteve no Afeganistão, para onde tem se deslocado a guerra americana, dando às costas para o Iraque sem solução.
Visitou o distrito de Pachir Wa Agan, onde estão as cavernas de Tora Bora, famosas por terem abrigado Osama Bin Laden que teve aviso prévio de mais de 15 dias para se retirar, antes que o local recebesse um bombardeio tão maciço quanto inútil, pois toda o talibã local já tinha se retirado para o Paquistão.

A região é habitada pela etnia pashtun.
Seguem um rigoroso código de ética que inclui um dever sagrado de hospitalidade, uso de burkas (aquela roupa feminina cujo único lugar aberto é uma tela na frente dos olhos)e um código moral que inclui apedrejamento do homem e da mulher que tiverem qualquer contato antes do casamento. Mulheres divorciadas não precisam de ajuda externa. Os próprios parentes se encarregam de apedrejar !!!!

E o que é CHASKA, afinal? É uma palavra da língua pashtun que designa rapazes adolescentes com rostos lisos, com os quais os homens adultos mantém relações sexuais anais, por diversão e alívio, e isto é considerado perfeitamente normal, comum e aceitável !!!
Entenda-se !!!!
Caetano estava certo quando diz que "de perto ninguém é normal". Nada mais degradante. Xô !!! Vôte !!!

Mulheres de burkha.
Sob um código moral rígido e atemorizante, a moral afegã apresenta buracos e vexames por todos os lados. Wilhelm Reich e Nelson Rodrigues já diziam: quanto maior a repressão, maiores as taras. E Nelson foi mais ousado quando afirmava que não há pior tara sexual do que a normalidade. kkkkk


segunda-feira, 24 de agosto de 2009

TRÊS CHARGES

DEVASTADORAS QUE APARECERAM NA INTERNET.

Cada um avalie se são justas ou não.

As primeiras se referem ao episódio da desistência da renúncia de líder do PT no Senado, de Aloízio Mercadante.
A outra sobre o episódio Dom José e aborto de criança de 9 anos.

Charge de Amarildo.
Copiado do Blog do Noblat.
Muito cruel ver o senador como um cachorrinho com o rabo entre as pernas.
O Presidente Lula está sendo o coveiro do PT, para salvar sua popularidade e seu projeto personalista de poder.

Dálcio em Correio Popular.

Dispensa comentários.

domingo, 23 de agosto de 2009

Yourcenar


"Quando eu morrer que minha sombra de velha (se morrer em idade avançada),
simplesmente irá encontrar minha sombra de adolescente e logo minha sombra de jovem mulher que já me esperam do outro lado do tempo.

Mas não partirei sozinha.

Levamos conosco todo um séquito de fantasmas: todos que nos foram caros.
Mortos, uma parte de nós sobrevive ainda,
lá no alto, em alguns corações
que palpitam ao ouvirem o nosso nome".

Marguerite Yourcenar

sábado, 22 de agosto de 2009

al-Megrahi



Compaixão é um sentimento nobre e belo, e é pilar de todas as religiões, principalmente do Budismo. Nós todos a temos quando, por exemplo, vemos uma criança miserável vagando nas ruas ou a fotografia de um ferido de guerra agonizante.

COMPAIXÃO ABSOLUTA é um sentimento que me confunde e para o qual não estou preparado. Esta semana tive 2 exemplos:

1 - será que teria dado prá não bater tão duro em Dom José Cardoso, que se aposentou da Arquidiocese de Olinda e Recife? Dava prá só louvar a sua imensa dedicação à cúria vaticana e aos seus sábios? e vê-lo apenas como um general que cumpriu, com afinco, o plano de batalha traçado pelos seus comandantes? Revirei meus intestinos e não consegui.

2 - al-Megrahi, 57 anos, foi recebido no aeroporto de Trípoli, Líbia, por milhares de pessoas em festa. Por alegados motivos de compaixão do governo escocês, foi libertado, por ser portador de um câncer de próstata terminal. Seu pecado? Poucos dias antes do Natal de 1988 colocou uma mala bomba num avião da Pan Am que ia de Londres para Nova Iorque. O avião explodiu em cima da aldeia de Lockerbie,na Escócia, matando 259 passageiros e 11 pessoas na aldeia. Detalhe escabroso: uma parte dos passageiros era de adolescentes americanos de férias na Inglaterra.
Nunca demonstrou remorsos. Cumpriu apenas 8 anos. Pela lei brasileira, mesmo tendo matado 270 pessoas, com 9 anos, dos 27 a que foi condenado, já poderia estar passando fim de semana em casa e trabalhando fora da prisão.

Você teria tido a COMPAIXÃO ABSOLUTA da Escócia e libertá-lo para ir morrer junto com seus familiares? Ou teria amarrado a perna dele numa corrente, junto de um esgoto qualquer da prisão, e transmitido a sua morte para o mundo, especialmente para seus milhares de admiradores na Líbia? Escolha a sua opção. Eu preferi a segunda.

A bomba abriu um buraco de meio metro na fuselagem do avião, no equivalente onde estava pintado "P" de PAN AM. O pedaço da asa do avião que caiu na aldeia escocesa, abriu um buraco de 50 metros e vaporizou várias casas de imediato.

Certas pessoas não merecem nenhuma condescendência. O que elas fizeram foi grave demais, brutal demais, desumano demais. Que o diga um certo Adolf, que passou pelo planeta Terra na década de 1940.


sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Raul Seixas,20 anos da morte hoje.



TENTE OUTRA VEZ
Raul Seixas, Marcelo Motta e Paulo Coelho.

Veja,
Não diga que a canção está perdida
Tenha fé em Deus, tenha fé na vida
Tente outra vez

Beba,
Pois a água viva ainda está na fonte
Você tem dois pés pra cruzar a ponte
Nada acabou, não, não

Tente,
Levante sua mão sedenta e recomece a andar
Não pense que a cabeça agüenta se você parar
Não, não, não, não, não
Há uma voz que canta
Há uma voz que dança
Há uma voz que gira
Bailando no ar

Queira,
Basta ser sincero e desejar profundo
Você será capaz de sacudir o mundo, vai
Tente outra vez

Tente,
E não diga que a vitória está perdida
Se é de batalhas que se vive a vida
Tente outra vez

P.S.: Impossível decidir que música representaria melhor Raul. Qual? Todas. Também difícil escolher uma só foto, de personagem tão multiforme.

O que não deixa dúvida é que estivemos diante de um artista completo, rebelde, revolucionário, que queria "APENAS" mudar o mundo. Uma alma atormentada, também.

Obrigado Raul pelos questionamentos que nos deixou, pelas belas músicas e por esta enorme vontade de fazer o planeta Terra viver em paz e com justiça.
Abraxas !

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

UMA MAÇÃ POR DIA, E DEIXE O DOUTOR DE LADO.

.

Este assunto já foi matéria aqui no blog.
Eis um artigo recente, com novidades sobre o tema.



By Robert H. Shmerling, M.D.
Beth Israel Deaconess Medical Center

Diversos estudos publicados recentemente

testaram o mito popular de que comer uma

maçã por dia lhe deixa livre de doenças.

  • Em 2007, pesquisadores da Universidade Estadual
  • da Pennsylvania acharam que os que comiam uma maçã
  • por dia - 125 calorias - comiam menos 187 calorias por dia.
  • Isto não funcionou com o suco de maçã.

  • Pesquisadores da Universidade de Cornell, em 2004,
  • teorizaram que o flavonoide quercertina, encontrado em
  • maçã e cebola, protege o tecido nervoso de ratos.
  • Talvez consumir maçã diminuísse o risco de Alzheimer
  • e doença de Parkinson.

  • Comer uma maçã por dia diminui as crises de asmas
  • e diminui incidência de câncer de pulmão.

  • Um estudo do Jornal Americano de Nutrição Clínica
  • relatou menores índices de doenças cardiovasculares à
  • ingestão de flavonóides.
  • Chocolate e vinho também são fontes de flavonóides.

  • É hora de recomendar maçã para

    todos os pacientes?

    O conhecimento científico ainda não tem

    os dados para alçar maçã à condição de remédio

    ou de "cura pela maçã" mas é evidente que

    é um alimento com boas propriedades e poderia

    substituir os lanches de salgadinhos e refrigerantes.

    Mesmo se a maçã não consiga "manter o doutor longe",

    como diz o popular, não causará danos à sua saúde.

    Este é um bom exemplo de como mitos populares

    estão à espera de se tornarem fatos.

    Boa pesquisa e mentalidade aberta tirarão as dúvidas

    deste e de outros assuntos correlatos.


terça-feira, 18 de agosto de 2009

Nós


Gilberto de Nucci

tem uma excelente imagem

a respeito do nosso comportamento.

Segundo ele, os homens caminham

pela face da Terra em fila indiana,

cada um carregando uma sacola à frente

e outra atrás.


Na sacola da frente,

nós colocamos as nossas qualidades.

Na sacola de trás,

guardamos todos os nossos defeitos.

Por isso, durante a jornada pela vida,

mantemos os olhos fixos

nas virtudes que possuímos,

presas no nosso peito.


Ao mesmo tempo,

reparamos, impiedosamente,

nas costas do companheiro que está adiante,

com todos os defeitos que ele possui.

E julgamo-nos melhores que ele,

sem percebermos que a pessoa que vem atrás de nós,

está a pensar a mesma coisa

a nosso respeito.


P.S.: A curiosa foto de Frank Zappa e o conjunto Factory Metal, ilustram esta matéria.

Obrigado Orlando Caetano, de Leiria, Portugal, que me mandou este email.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

AMBA

Muito, muito deprimente um documentário do canal Discovery, sobre AMBA, o tigre siberiano.
É duro sentir saudades do comunismo russo. Assim como, é confuso saber que só Saddan Hussein conseguia, mesmo com sua brutalidade, domar a carnificina das etnias sanguinárias do Iraque.

Acabado o comunismo, começou o capitalismo selvagem, perfeitamente representado na figura patética do presidente Putin.
A Rússia só perde em corrupção para a Nigéria.
O Brasil deve estar bem perto deles nesta lista.

O programa mostra como a devastação absurda da frágil floresta das tundras siberianas está acabando com AMBA, o tigre siberiano.
Os fiscais enriquecem vendendo licenças ilegais.

Quem assistiu o fabuloso DERSU UZALA, de Kurosawa, sabe porque o caçador da etnia goldi (e não mongol ou tribal, como dizem os bobocas da Wikipedia) Dersu, considerava AMBA o equilíbrio do mundo. E que, quando Amba acabar, restará o caos.
Que pena !!!

Um dos animais mais belos e majestosos da terra não resistirá ao capitalismo russo selvagem.

Ficarão as fotos dele no FlickR.
Será tudo que nos restará.
Tragam Lênin de volta !!!
Tragam Stálin de volta !!!
Kruschev, Brezhnev. Gorbachev !
AMBA precisa sobreviver !!!
ah ah ah

domingo, 16 de agosto de 2009

Fred Astaire

"Uma surpresa que os livros de Gilda nos reservam é que se tenha dedicado a fazer um estudo do gestual de Fred Astaire. Parco na camuflagem -o preto e branco da casaca com cartola- o dançarino tampouco chama a atenção para o corpo, que não aspira a ser mais do que o suporte para a beleza do gesto, "pura, livre, autônoma e descarnada".

SUA COREOGRAFIA DELINEIA O SONHO DA FELICIDADE NUM UNIVERSO PARALELO, REGIDO PELA HARMONIA, ONDE NÃO VIGORAM BRUTALIDADE E FEIÚRA.

E fica para o leitor a lição da ousadia intelectual de Gilda, que selecionou um objeto de estudo inesperado e sem estatuto, para dele EXTRAIR A BELEZA DA REFLEXÃO."

Walnice Nogueira Galvão, em O tapete afegão.

"Ele é o grande dançarino da vida moderna. Nele, o gesto aparece em toda sua beleza e simplicidade, mas com naturalidade e reserva, como, de seu lado, a voz canta sem querer chegar ao grito. Fred Astaire não pretende vencer a gravidade, nem realizar o milagre de Nijinski atravessando o palco com um salto. No seu mundo não há passes de mágica nem sustos. É UM MUNDO HARMONIOSO QUE ELE NÃO DESAFIA E AO QUAL ADERE, POIS NÃO SE TRATA DE VENCÊ-LO, E SIM DE TRANSFIGURÁ-LO."

"Fred Astaire é um dos poucos gênios artísticos do século XX e foi bom que não fosse bonito, como Robert Taylor, Clark Gable, Gary Cooper ou Tyrone Power, porque, SENDO COMO ERA, MANTEVE-SE GESTO, GESTO PURO, GRAÇA PURA, ARTE PURA, LIBERTANDO-SE DOS CACOETES DA MOCIDADE PARA SE TORNAR NA DANÇA UM DESENHISTA, UM DANÇARINO GRÁFICO, PURO ARABESCO SEM COR."

Gilda de Mello e Souza

Gilda de Mello e Souza

sábado, 15 de agosto de 2009

Dom José Cardoso Sobrinho. Xô !!! Uma assombração eclesial. Em vez de Pastor, um Açougueiro de Ovelhas.




Impiedade, desrespeito e julgamento moral são 3 sentimentos pelos quais não tenho a menor simpatia e nenhum desejo de praticar.
Abro uma exceção, como representante do alívio dos oprimidos, como cantor da música "Apesar de você"... amanhã há de ser um novo dia... de Chico Buarque.

Dom José Cardoso Sobrinho, arcebispo de Olinda e Recife, se aposenta amanhã. Não quís ocupar minhas amadas matérias de domingo com esta assombração eclesial.
Por isto edito de véspera.

Depois de um longo reinado, onde foi príncipe sobretudo de si próprio, ele se vai. Cumpriu o que deve ter prometido no fundo de sua alma estreita, quando assumiu o trono de Pedro em Recife. Com seu sorriso tímido, deve ter cochichado para si próprio: vou destruir tudo que DOM HÉLDER ergueu.
Quase conseguiu !

Cada passo que deu , em seu fogoso abraço no rumo do Direito Canônico, o afastou do pensar e do exercer de Jesus Cristo.
Que pena !!!

Não vou relembrar os bravos padres que expulsou da diocese, nem os trabalhos sociais que destroçou. Como o barqueiro do conto de Dostoiévski, sovina mas realista, que quando ver o seu barco naufragar na tempestade, não se lamenta e já começa a construir outro, deixaremos tudo que ele fez - e sobretudo o que não fez - para trás.
Uma vida nova começa.

Parabéns ao povo de Olinda e Recife, que por tantos anos teve a infelicidade de ter um arcebispo que estava mais para açougueiro de ovelhas do que pastor.

Bem-vindo DOM FERNANDO SABURIDO !

Já vai tarde,

Dom José !!!

Xô !!!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Chapeuzinho vermelho



Como a imprensa brasileira noticiaria a história :

Jornal Nacional
(William Bonner): 'Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem...' (Fátima Bernardes): '...mas a atuação de um caçador evitou a tragédia.'

Programa da Hebe
'...que gracinha, gente! Vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo, não é mesmo?'

Cidade Alerta
(Datena): '...onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades? Cadê as autoridades? A menina ia pra casa da vovozinha a pé! Não tem transporte público! Não tem transporte público! E foi devorada viva... um lobo, um lobo safado. Põe na tela, primo! Porque eu falo mesmo, não tenho medo de lobo, não tenho medo de lobo, não!

Superpop
(Luciana Gimenez): 'Geeente! Eu tô aqui com a ex-mulher do lenhador e ela diz que ele é alcoólatra, agressivo e que não paga pensão aos filhos há mais de um ano. Abafa o caso!'

Globo Repórter
(Chamada do programa): 'Tara? Fetiche? Violência? O que leva alguém a comer, na mesma noite, uma idosa e uma adolescente? O Globo Repórter conversou com psicólogos, antropólogos e com amigos e parentes do Lobo, em busca da resposta. E uma revelação: casos semelhantes acontecem dentro dos próprios lares das vítimas, que silenciam por medo. Hoje, no Globo Repórter.'

Discovery Channel
Vamos determinar se é possível uma pessoa ser engolida viva e sobreviver.

Revista Veja
Lula sabia das intenções do Lobo.

Revista Nova
Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama!

Revista Isto É
Gravações revelam que lobo foi assessor de político influente.

Revista Playboy
(Ensaio fotográfico do mês seguinte): ' Veja o que só o lobo viu'.

Revista G Magazine
(Ensaio com o lenhador) 'O lenhador mostra o machado'.

Revista Caras
(Ensaio fotográfico com a Chapeuzinho na semana seguinte): Na banheira de hidromassagem, Chapeuzinho fala a CARAS: 'Até ser devorada, eu não dava valor para muitas coisas na vida. Hoje, sou outra pessoa.'

O Estado de São Paulo
Lobo que devorou menina seria filiado ao PT.

O Globo
Petrobrás apóia ONG do lenhador ligado ao PT, que matou um lobo para salvar menor de idade carente.

É sempre bom refletir sobre o papel da mídia... (é o que sempre digo por aqui ).

Obrigado a Nilo Moraes, que enviou o email.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Da Terra à Lua


Como parte das comemorações (que não chegaram a empolgar na mídia) dos 40 anos da alunissagem do homem, o canal HBO levou ao ar - agora em Alta Definição - a sua série original DA TERRA À LUA, de 1998, em 12 episódios.

Nunca exultei com tal prodígio tecnológico, que reconheço. O belo documentário, com muitas imagens interessantes de arquivos e um tom de apologia, à la Band of Brothers, (ambos tiveram produção executiva de Tom Hanks) envelheceu muito bem.
Já o assunto parece hoje mais uma bobagem da guerra fria com os russos e briga de crianças competindo prá ver quem tem o pênis maior. Os EUA se sentiram desmoralizados quando a Rússia colocou Yuri Gagárin em órbita da terra. Kennedy, no ufanismo dos anos 60, anunciou que os americanos pousariam na Lua no fim da década, sem ter nenhuma idéia dos desafios tecnológicos que isto demandaria.
Algumas tragédias e astronautas mortos depois, no dia 20 de julho de 1969 Neil Armstrong e Edwin Aldrin fariam o seu passeio de 2 horas pela superfície lunar.

É concebível ainda ter as mesmas dúvidas do Senador Walter Mondale na década de 60. Como grande crítico do programa espacial (Mercury, Gemini e Apollo) ele se perguntava se não seria melhor direcionar a imensa dinheirama para programas sociais e de melhoramento do país.
Não resta dúvida que um programa deste porte traz grandes novidades científicas que podem resolver alguns aspectos da vida de todos, mas é provável que não tenha o tal do "custo benefício". Ou seja, não justifique os bilhões gastos nele.
Mas, o início dos anos 60 foram um período entre as guerras da Coréia e do Vietnam e a máquina de guerra (que é a mesma da corrida espacial) não poderia ficar sem os seus lucros fabulosos. E os políticos não poderiam ficar sem as suas milionárias doações. Penso que disto se aproveitou um ufanismo caipira da época prá justificar todo o projeto. Foi uma pena! Os EUA e o mundo poderiam ter feito uma opção pela guerra às desigualdades sociais. Os resultados teriam sido um mundo um pouco mais justo.